Carinho em serviço vai parar na internet e leva PM à prisão por menos de um dia

Corregedoria abre procedimento e cabo pode ser expulso

Por O Dia

PM aparece em foto que circula nas redes sociais apalpando jovemWhatsApp O DIA (98762-8248)

Rio - O cabo Varanda do 41º BPM (Irajá) foi parar na prisão do quartel no final da tarde deste sábado. O xilindró durou pouco, ele foi solto hoje pela manhã, mas a punição administrativa foi porque o assanhamento do militar caiu nas redes sociais. Todo faceiro, o policial aparece apalpando o bumbum de uma fogosa jovem em foto enviada ao WhatsApp do DIA (98762-8248).

Saliência pública pode resultar até em demissão. Em nota, a Polícia Militar informou que a Corregedoria determinou ao Comando do 41º BPM o prosseguimento da apuração sumária sobre o fato e a instauração de um processo administrativo disciplinar, para avaliar a permanência do policial na corporação.

Relembre outros casos polêmicos

Não é a primeira vez que militares se viram em maus lençóis após imagens vazarem nas redes sociais.

Em abril do ano passado, fotos e vídeos de policiais militares e Patrícia Alves, que ficou conhecida como 'Maria UPP' se espalharam pela internet. Nas imagens, os PMs apareciam fazendo sexo com a jovem.

Em 2012, um outro cabo, só que do Corpo de Bombeiros, teve fotos publicadas de um encontro sexual com um casal dentro do Grupamento da Posse, em Nova Iguaçu. Anderson Luiz Santana Machado, 34 anos, foi condenado a sete meses e seis dias de detenção em regime aberto pela Auditoria de Justiça Militar.

LEIA MAIS

PMs podem ser expulsos por aventura sexual com Maria UPP

Cabo do Corpo de Bombeiros é condenado após sexo em quartel

Últimas de Rio De Janeiro