Após uma semana de mar cristalino, sexta-feira tem praias impróprias

Para os que buscam diversão, sem risco de contrair doenças em águas contaminadas, o ideal é se refrescar nas praias que estão próprias para banhistas nas Zonas Sul e Oeste

Por O Dia

Rio - Depois de uma semana, com um mar cristalino de ‘Caribe’, cariocas e turistas encontraram nesta sexta-feira várias praias impróprias para banho. De acordo com o boletim diário atualizado ontem, do Centro de Operações da Prefeitura do Rio, neste fim de semana, o banho não é recomendado na orla de Botafogo, Flamengo, Leblon, Pepino, Quebra-Mar até o Pepê, São Conrado, Urca e Vidigal.

Para os que buscam diversão, sem risco de contrair doenças em águas contaminadas, o ideal é se refrescar nas praias que estão próprias para banhistas nas Zonas Sul e Oeste da cidade. As praias liberadas são as do Arpoador, Barra de Guaratiba, Copacabana, Diabo, Grumari, Joatinga, Leme, Prainha, Recreio dos Bandeirantes e Praia Vermelha.

Mesmo com algumas praias sujas%2C o sol forte levou cariocas e turistas a se refrescar na orla da cidadeAlexandre Brum / Agência O Dia

Algumas praias são recomendadas, mas com restrição. São elas: Barra da Tijuca, Ipanema e Pontal de Sernambetiba. A balconista mineira, Stephanie Ferreira, de 19 anos, veio para o Rio aproveitar as férias e o verão. “Nesse calor, como vou deixar de tomar banho?”, pergunta a jovem, fã da praia do Leblon, no posto 12. Já a vendedora Francisca Soares, 27, disse que não tem como evitar entrar na água. “Para mim não está suja”, disse.

Segundo o oceanógrafo David Zee, houve uma mudança na qualidade da água, nos últimos sete dias, devido à alteração na direção dos ventos e à influência da Lua Cheia. “Com o vento soprando do leste, as águas chegam ao Rio e pegam as saídas da Baía, rios poluídos na região de Niterói e na Baixada, e carrega a sujeira para o litoral”, disse.

O especialista explica que esse fenômeno faz com que a água fique fria e mais suja. “Fria porque as águas de Cabo Frio ressurgem e vão para a superfície, diminuindo a temperatura da água”, diz.
A Lua Cheia, que ficará até sexta feira no céu, também contribui para que a sujeira nas águas aumente. “A maré faz com que a sujeira da baía acumulada no fundo escoe para o mar”, diz. “Quando o vento vem de leste, vem da esquerda para a direita, pegando toda a sujeira da baía e espalhando ao longo do litoral”, concluiu.

Reportagem de Carolina Moura

Últimas de Rio De Janeiro