Moradores de Nilópolis sofrem com falta d'água há uma semana

Problema no abastecimento atinge ruas do Centro da Cidade da Baixada Fluminense. Cedae disse que enviará equipe ao local, mas não deu prazo para que problema seja solucionado

Por O Dia

Rio - Moradores de Nilópolis estão sem água desde a terça-feira da última semana. O problema no abastecimento atinge diversas vias da região do Centro da cidade da Baixada Fluminense, como as ruas ruas João Evangelista de Carvalho, Soares Neiva, Pedro Álvares Cabral, Antônio João Mendonça, entre outras.

"A gente trabalha o mês todo para pagar nossas contas em dia e o fornecimento não é feito. Se não pagamos, rapidinhos eles tiram. Quando a falha é deles, nada acontece, nem satisfação eles dão", desabafou a moradora Rose Mary Medina.

A comunicação da companhia com a comunidade também foi motivo de reclamação. De acordo com os moradores, a Cedae deu duas explicações diferentes para o problema, uma informava que a falta d'água acontecia por conta de uma bomba com defeito, outra dizia que a companhia estava fazendo manutenção na rede.

Procurada pela reportagem, a Cedae disse que o gerente técnico da região já foi notificado e que uma equipe será enviada ao local para verificar o que acontece. A companhia não deu um prazo para que o problema no abastecimento seja solucionado.

Entretanto, após a publicação da reportagem, a empresa enviou uma nota e informou que técnicos encontraram ontem um registro de 300 milímetros de diâmetro na esquina da Rua Roldão Gonçalvez com Avenida Mirandela cuja comporta havia arriado, prejudicando o abastecimento. Ainda segundo o texto, o registro foi reparado e hoje a companhia realiza manobras para normalizar o abastecimento no local.

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas