Morte de motociclista na Zona Portuária para o trânsito no Centro e na Z. Norte

Congestionamento chegou na Grajaú-Jacarepaguá

Por O Dia

Rio - Com o assassinato do motociclista Leonardo Neves de Almeida, de 38 anos, na pista central da Avenida Francisco Bicalho, sentido Avenida Brasil, o trânsito ficou complicado em regiões do Centro e da Zona Norte da cidade, na manhã desta terça-feira, segundo o Centro de Operações da Prefeitura carioca (COR). O crime ocorreu por volta das 7h, na Zona Portuária, mas agentes da Polícia Civil só chegaram ao local para fazer a perícia às 9h45.

LEIA MAIS: Motociclista é morto a tiros no Santo Cristo

Motoristas enfrentaram longo congestionamento na Radial Oeste%2C sentido Centro%2C nesta terça-feiraSeguidor %40Derguari

Embora o tráfego já tenha sido totalmente liberado na Avenida Francisco Bicalho, ainda há reflexos na via e em outras importantes vias do Rio, como as seguintes:

- Trevo das Forças Armadas, sentido Avenida Francisco Bicalho;
- Avenida Paulo de Frontin, sentido Avenida Francisco Bicalho;
- Elevado Paulo de Frontin, no trecho de descida para a Avenida Francisco Bicalho;
- Rua Haddock Lobo, na Tijuca;
- Praça da Bandeira, sentido Centro;
- Radial Oeste, sentido Centro;
- Rua São Francisco Xavier, sentido Centro;
- Rua Visconde de Niterói, sentido Centro, a partir da altura da Mangueira;
- Avenida Maracanã, sentido Centro, a partir da altura da Rua Deputado Soares Filho;
- Rua Teodoro da Silva, em Vila Isabel;
- Estrada Grajaú-Jacarepaguá, sentido Grajaú, a partir da altura do km 3, no Complexo do Lins;
- Avenida Marechal Rondon;
- Rua Conde de Bonfim, sentido Centro, a partir da altura da UPA.

Trânsito parado na Radial OesteSeguidor %40Derguari


Últimas de _legado_O Dia 24 Horas