Natal solidário para a criançada de Meriti

Mamãe Noel distribuirá brinquedos e cestas básicas no dia 6

Por O Dia

Marlene se caracteriza há 27 anosDivulgação

Oh! oh! oh! Mamãe Noel chegou, trazendo paz e muito amor’. Há 27 anos, essa é a frase mais usada pela auxiliar de enfermagem Marlene da Silva Santos, 65, quando chega dezembro.

Por ser baixinha, gordinha e ter os cabelos brancos, Marlene se caracteriza de Boa Velhinha na festa de Natal que promove todos os anos para crianças carentes de São João de Meriti. Este ano, será no dia 6 de dezembro, a partir das 7h, na Igreja de Nossa Senhora das Graças (Rua Monsenhor José Boggiani 133, em Agostinho Porto).

Além dos tradicionais bolo, cachorro quente e guaraná, o ponto alto é a distribuição dos quites natalinos doados pelos ‘padrinhos’ ao longo do ano. São roupas, calçados, brinquedos, latas de leite e pacotes de biscoitos.

Desde pequena, Marlene tinha prazer em ajudar as pessoas, mas depois de passar pelo momento mais difícil da vida, há 40 anos, ao sofrer um acidente de carro, quebrar três costela e se salvar, o sentimento passou a ser maior.

Como retribuição, ela destina todos os anos o seu décimo terceiro salário para a realização da festa. “Uma pessoa que nem me conhecia prestou socorro e salvou a minha vida. Então, o mínimo que posso fazer também é ajudar a quem precisa”, diz.

Para ter direito ao quite, a criança deve ter até 8 anos, exceto as que têm algum tipo de deficiência física, e precisa estar com o cartão de vacinação em dia. Para quem quiser se padrinho, basta ir à casa dela (Rua Genoíno Siqueira 937, Jardim Meriti) de sábado a terça-feira. “Ajudamos as famílias o ano todo”, diz.