Síndica de condomínio do 'Minha Casa' é presa acusada de roubar moradores

Segundo as investigações, Maria José Davino Mariano mantinha ligações com traficantes da região

Por O Dia

Rio - A sindica do Residencial Guadalupe, condomínio do programa "Minha Casa, Minha Vida", foi presa nesta sexta-feira por policiais civis da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD). Contra Maria José Davino Mariano, de 48 anos, foi cumprido um mandado de prisão, expedida pela 5ª Vara Criminal do Rio, por associação ao tráfico, extorsão, esbulho possessório e formação de quadrilha. Ela foi localizada dentro do próprio apartamento no conjunto habitacional.

Maria José Davino Mariano%2C de 48 anos%2C foi presa nesta sexta-feira por policiais da DCODDivulgação

Segundo o delegado Antenor Lopes, titular da DCOD, a sindica se associou aos traficantes que atuam na região e estava extorquindo os moradores. "Ela cobrava taxas de ocupação e quem não obedecesse a sindica era ameaçado de morte pelos traficantes", disse o policial. Ele ainda mandou um recado para os moradores que estão em apartamentos irregulares. "Quem estiver em unidades que não lhe pertence poderá ser preso", acrescentou.

Nesta sexta-feira, um cobrador de ônibus estava sendo ouvido na especializada como testemunha. Morador de um apartamento no condomínio, ele disse em depoimento que ganhou o imóvel da sindica. O homem será autuado por esbulho possessório e liberado.

No último dia 28 de janeiro, o chefe do tráfico Julyo Cesar da Silva Motta, vulgo Bolinho, de 22 anos, já havia sido preso pela própria DCOD no interior de um apartamento invadido e de posse de um carro roubado.

Últimas de Rio De Janeiro