Guarda municipal que sofreu tentativa de estupro foi torturada dentro de carro

Ela foi obrigada a ficar com a cabeça entre as pernas enquanto homem espetava faca em sua jugular. Suspeito, que está foragido, deu o celular da vítima para o filho de presente

Por O Dia

Rio - A agente da guarda-municipal que foi sequestrada e sofreu uma tentativa de estupro em março deste ano em Santa Teresa, na Região Central do Rio, foi torturada durante o percurso de São Cristóvão até a Estrada das Paineiras. Segundo o delegado da 7ª DP (Santa Teresa), Mario Jorge Ribeiro Andrade, a vítima foi obrigada a se manter com a cabeça entre as pernas dentro do carro enquanto o sequestrador, identificado como Jorge Luis Limeira de Oliveira, de 35 anos, espetava uma faca em sua jugular.

Agente da Guarda Municipal foi abordada e obrigada a entrar em carro do homem que tentou estuprá-la e a esfaqueouReprodução Vídeo

"Segundo a vítima, cada espetada na jugular era mais forte. O tempo todo o bandido dizia que poderia matá-la apenas com um corte no local, aterrorizando-a", relatou o delegado, que acrescentou que a vítima não podia olhar para o torturador.

Um vídeo obtido pelo serviço de inteligência da polícia e que O DIA teve acesso mostra o momento exato da abordagem. Ainda de acordo com o delegado, o objetivo do bandido era abordar S.C.S, de 29 anos, de dentro do carro enquanto estava estacionado, mas ao perceber o que estava acontecendo ela atravessou a pista. Neste momento, o sequestrador é obrigado a sair do veículo e ir em direção à ela. Ele, então, atravessa a rua e a busca, obrigando a vítima a entrar no veículo.

"Foi uma escolha aleatória. Ele primeiro passou por ela de dentro do carro e, em seguida, a abordou", acrescentou o delegado, que afirmou que a vítima não conhecia o bandido. Um mandado de prisão preventiva foi expedido pela Justiça pelas tentativas de latrocínio e estupro, mas Jorge fugiu.  

No momento em que ela é levada para a Estrada das Paineiras, o bandido tira a camisa, abre o zíper da calça e manda ela entrar no matagal. A vítima então se desespera e foge. Na tentativa de estupro, o criminoso esfaqueia a vítima no pulmão e a deixa caída, roubando-lhe seus pertences, incluindo um celular.

O aparelho telefônico foi rastreado pela polícia em posse de uma garoto. Durante as investigações, os agentes descobriram que as características dadas pela vítima eram compatíveis com a do pai do menor. O veículo usado no crime também era produto de roubo e foi recuperado um dia após a tentativa de estupro.

LEIA MAIS

Polícia identifica homem que esfaqueou e tentou estuprar guarda municipal

Guarda municipal sofre tentativa de estupro e é esfaqueada em Santa Teresa

Últimas de Rio De Janeiro