Reclamar Adianta: Olho vivo, faro fino!

É preciso ficar atento ao início do código digitável diferente do número do banco e do logotipo, além de erros de português

Por O Dia

Rio - Pagar um boleto bancário e, depois, receber um aviso de que o pagamento está pendente é dureza. É o golpe do boleto. Aí vão as dicas do Idec: ficar atento ao início do código digitável diferente do número do banco e logotipo, erros de português e alteração no código de barras. Algumas falsificações são grosseiras, como colunas das barras apagadas para forçar o consumidor a digitar o número fraudado. O fraudador é que recebe o dinheiro depositado.

O fornecedor, de acordo com o artigo 14 do CDC, responde , independentemente de culpa, pela reparação dos danos. Bancos e empresas, cujos boletos são impressos pela internet, assumem os riscos de segurança associados a sua emissão. Vítima do golpe, o consumidor deve tirar uma cópia do boleto e do comprovante de pagamento. Depois, procurar o responsável pelo serviço. É bom registrar um boletim de ocorrência.

Desperdício de água

Em frente ao portão 9 do Maracanã há um cano jorrando água potável. Um verdadeiro desperdício! Já cansei de entrar em contato com a Cedae, mas nenhuma equipe é enviada ao local mesmo com as reclamações. Regina Goulard, Maracanã – Rio de Janeiro.

Em vistoria no local foi identificado pequeno vazamento em frente ao número 15 da Rua Isidro Figueiredo, cujo reparo foi executado. Regina Goulard, Maracanã – Rio de Janeiro.

Cobrança indevida

Recebo todos os dias ligações e mensagens via SMS referentes a cobranças de um produto Net TV que não tenho. Estou sendo cobrada por uma dívida que não possuo e por um serviço que não contratei. Renata Granja, Ricardo de Albuquerque – Rio de Janeiro.

A NET informa que a situação foi regularizada. A operadora permanece à disposição para quaisquer esclarecimentos. Assessoria de Imprensa NET

Calçadas destruídas

O estado de conservação das calçadas da Rua Primeiro de Março, entre os números 135 e 159 é péssimo. Totalmente esburacadas. Os pedestres estão caindo e se machucando no local, principalmente os idosos. Luciana Ferreira, Thomas Coelho - Rio de Janeiro.

A Secretaria de Conservação e Serviços Públicos programará uma vistoria para o início da próxima semana na calçada da Rua Primeiro de Março, entre os números 135 e 159, no Centro, para notificar os proprietários para que realizem serviços de conservação nos locais danificados do passeio. Assessoria de Imprensa da Secretaria de Conservação

Linha muda

Sou cliente Oi fixo e estou com meu telefone mudo há mais de um mês. Já entrei em contato com a empresa, registrei várias reclamações, mas a linha não voltou a funcionar. Quero providências! João Batista da Silva, Rio de Janeiro.

A Oi entrou em contato com o leitor e confirmou o bom funcionamento da linha telefônica, após solicitação de reparo. Assessoria de Imprensa da Oi

Roberto Barretto%2C Diretor do Brasillis IdiomasDivulgação

Roberto Barretto, Diretor do Brasillis Idiomas: "Em épocas de crise é preciso baixar o preço e reduzir o lucro. Em algumas situações, ideias inovadoras também são uma boa solução.”

Dúvidas frequentes

Juliana Costa Leal, advogada do escritório Areal Pires Advogado

Juliana Costa Leal de Oliveira%2C advogada do escritório Areal Pires AdvogadoDivulgação

Você sabia que é possível manter o plano de saúde empresarial após o desligamento da empresa? A advogada Juliana Costa Leal de Oliveira, especialista em direito à saúde, esclarece quais os critérios para que o ex-empregado demitido ou exonerado, sem justa causa, seja mantido: ter sido beneficiário de plano coletivo decorrente de vínculo empregatício; ter contribuído com pelo menos parte do pagamento do seu plano de saúde; assumir o pagamento integral do benefício; não ser admitido em novo emprego que possibilite o acesso a plano privado de assistência à saúde; e formalizar a opção de manutenção no plano no prazo máximo de 30 dias, contados a partir da comunicação do empregador sobre o direito de manutenção do gozo do benefício. “O direito ao uso do plano é extensivo obrigatoriamente ao grupo familiar que estava inscrito quando da vigência do contrato de trabalho”, finaliza.

Coluna de Átila Nunes

Últimas de Rio De Janeiro