Policiamento é reforçado na Cidade de Deus após intenso tiroteio na região

Mais de 6 mil alunos tiveram as aulas suspensas após confronto entre traficantes e policiais militares

Por O Dia

Rio - A polícia intensificou o policiamento na comunidade Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, na manhã desta sexta-feira. Na noite desta quinta, a base de uma unidade de Polícia Pacificadora (UPP) foi atacada na região conhecida como Karatê. A Secretaria Municipal de Educação informou que, 14 escolas, 3 creches e 6 Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDIs) estão sem atendimento nesta manhã, totalizando 6.497 alunos. 

O ataque teria sido uma retaliação de traficantes após a morte de uma mulher, apontada com sobrinha do traficante Éderson José Gonçalves Leite, o Sam. Ele seria o chefe do tráfico de drogas na comunidade de Jacarepaguá. 

O comércico teve que ser fechado na Avenida Salazar Mendes de Morais e o trânsito foi interrompido na via à noite, devido a barricadas colocadas na pista. 

Traficantes fizeram barricadas na Cidade de Deus e blindados foram acionados Divulgação

Segundo relatos, Priscila Gonçalves Leite, de 34 anos, chegava em casa de táxi de manhã, na comunidade, quando teria sido abordada por um homem, que a levou no mesmo veículo. O corpo foi encontrado com um tiro no rosto, na Rua Cunha Moreira, próximo a fábrica da Coca-Cola, na Taquara, a cerca de um quilômetro da comunidade. A polícia não confirmou oficialmente se a vítima é sobrinha de Sam.

À tarde, mensagens e áudios nas redes sociais alertavam para ações de represália de traficantes, e comerciantes começaram a baixar as portas por volta das 15h. “Ninguém passou e mandou fechar. Mas os outros comerciantes começaram a fechar e meu patrão resolveu fazer o mesmo”, disse o funcionário de uma loja.

Segundo a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), no fim da tarde, PMs que estavam na base Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da localidade do Karatê foram atacados à tiros por traficantes. Policiais do 18º BPM (Jacarepaguá) e do Batalhão de Choque foram acionados e veículos blindados foram usados.

Base da UPP é atacada na Cidade de DeusDivulgação

Suspeitos interditaram a Avenida Salazar Mendes de Morais fazendo barricadas, ateando fogo em madeiras e pneus. O trânsito na via foi desviado. Duas linhas de ônibus, alimentadoras do BRT deixaram de circular. O trânsito na Linha Amarela ficou congestionado em Jacarepaguá.

De acordo com moradores, Priscila voltava, na quinta de manhã, de uma visita ao tio, o Sam, preso em uma penitenciária federal fora do estado, desde 2003.

O corpo da jovem será enterrado no Cemitério do Pechincha, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio,  na manhã desta sexta-feira. O sepultamento está previsto inicialmente para as 10h.

Últimas de Rio De Janeiro