Quase 40 tiros foram disparados no resgate de traficante em hospital

Perícia recolheu 38 cápsulas de diversos calibres no Hospital Souza Aguiar após tiroteio em resgate do traficante Fat Family

Por O Dia

Rio - A perícia de local recolheu 38 cápsulas de diferentes calibres no Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio, após o tiroteio ocorrido durante o resgate do traficante Fat Family, na madrugada de domingo.

Os calibres recolhidos foram 15 de fuzil 762, 18 de pistola ponto 40 e 5 de pistola 9 mm. Todos os disparos ocorreram no pátio do Hospital, quando os criminosos estavam saindo da unidade após libertarem o preso.

No interior da unidade não houve disparos de tiros. Segundo o delegado Fabio Cardoso, titular da Divisão de Homicídios, a troca de tiros ocorreu entre os criminosos e um policial militar que chegava na unidade para socorrer um amigo ferido em uma boate.

Carro onde estava uma das vítimas dos bandidos que invadiram o Hospital Souza Aguiar para resgatar presoDivulgação

"Entre 10 e 15 criminosos chegaram ao hospital. Seis deles renderam uma recepcionista e foram até o sexto andar. Ao chegarem no quarto tiraram as algemas com um alicate. No pátio externo, na saída, é que ocorreu o tiroteio", afirmou.

A Polícia analisa imagens de câmeras e ouve testemunhas. Até o momento, 12 pessoas foram ouvidas, entre enfermeiros e policias que realizavam a custódia.

SAIBA MAIS

PM sabia de invasão ao Souza Aguiar, mas não reforçou policiamento

Namorada de homem morto em ataque a hospital: 'Não dá para ficar sem você'

Áudio: Traficantes comemoram resgate de preso do Hospital Souza Aguiar

Justiça determina que tio de Fat Family seja transferido para Bangu I

PM faz pente-fino para achar bandidos em favelas da Região Metropolitana

GALERIA DE FOTOS: Bandidos invadem Souza Aguiar para resgatar preso

Últimas de Rio De Janeiro