Câmara aprova redução do número de vereadores em Nova Iguaçu

Objetivo da medida, aprovada nesta terça-feira, é reduzir os custos da Casa

Por gabriela.mattos

Rio - A Câmara Municipal de Nova Iguaçu aprovou em segunda votação, na noite desta terça-feira, a redução de 29 para 17 vereadores. O objetivo da medida é reduzir os custos da Casa. Serão menos 12 cadeiras no ano que vem e a decisão já vale para as eleições de outubro deste ano. Ao todo, foram 23 votos a favor, cinco contra e uma abstenção. Projeto foi criado pelo vereador Marcelinho das Crianças (PTN).

Projeto foi criado pelo vereador Marcelinho das Crianças (PTN)Divulgação

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) será comunicado sobre o resultado da decisão nesta quarta-feira. Durante a votação, a Câmara ficou lotada e a nova regra gerou insatisfação entre pré-candidatos ao cargo.

A partir de agora, para um vereador ser eleito é preciso ter pelo menos 24 mil votos. Entre os parlamentares que votaram contra estão Doutor Cacau (Pros); Carlinhos Presidente; Carlos Ferreira, o Ferreirinha, (PT); Henrique Neves (PCdoB) e Gilson Cunha (PRP). O vereador Marote Já É se absteve do voto e o presidente da Câmara, Maurício Morais, não votou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia