Esconderijo de Fat Family volta a ser alvo da polícia

Um suspeito é morto e outros sete são presos durante operação em São Gonçalo

Por O Dia

Rio - Um suspeito foi morto e outros sete foram presos, durante uma operação do Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar nesta sexta-feira, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. Cerca de 400 crianças da rede municipal ficaram sem aulas devido à incursão. Armas e drogas foram apreendidas.

A ação, que contou com 130 homens dos batalhões de Choque (BPChq) e Operações Policiais Especiais (Bope), além de três helicópteros do Grupamento Aeromóvel (Gam), visava coibir o tráfico de drogas na região.

Um simulacro de fuzil%2C maconha%2C cocaína e crack foram apreendidos durante ação comandada pelo COEDivulgação

A área é dominada por bandidos do Comando Vermelho (CV) e, recentemente, foi esconderijo do traficante Nicolas Pereira de Jesus, o Fat Family, morto mês passado após incursão da Polícia Civil. Na semana passada, vídeos de bandidos circulando armados de fuzis pelo Salgueiro também foram divulgados nas redes sociais.

Chefe do tráfico

De acordo com a PM, na Rua Santa Rita Durão, localidade conhecida como ‘Barreira’, militares trocaram tiros com Renan Cavalcante Fagundes, conhecido como Renan Boquinha, de 25 anos. Ele é apontado pela polícia como chefe do tráfico no Morro do Abacatão, no bairro Boavista, também em São Gonçalo.

Segundo os PMs, o acusado portava uma pistola Glock 9 mm, carregador e munições. Ele chegou a ser levado para o Pronto de Socorro de São Gonçalo, mas não resistiu. Outros sete suspeitos também foram presos na região e os policiais encontraram um simulacro de fuzil, cocaína, maconha e crack.

Devido ao confronto, três escolas em diversos pontos no Complexo do Salgueiro ficaram fechadas, prejudicando 400 alunos, segundo informou a assessoria de imprensa da Prefeitura de São Gonçalo. O caso foi registrado na 73ª DP (Neves), central de flagrantes da região.

Últimas de Rio De Janeiro