Reclamar Adianta: O novo vilão da economia

Pesquisas mostram o desemprego como o principal responsável pela inadimplência, dificultando o pagamento das dívidas

Por O Dia

Rio - Dizem que o supermercado voltou a ser o vilão da economia. Não é bem assim. Pesquisas mostram o desemprego como o principal responsável pela inadimplência, dificultando o pagamento das dívidas. Segundo o SPC, nos últimos três meses, quase 40% dos entrevistados atrasaram o pagamento porque ficaram sem trabalho. Os produtos supérfluos deixaram o carrinho do supermercado. Agora, só entram produtos básicos como arroz, feijão e carne.

Quem trabalha nos supermercados já notou que os clientes não enchem mais os carrinhos como antes. A quantidade foi reduzida, a marca foi substituída e, ainda assim, as compras são parceladas, na maioria das vezes. A inadimplência também é vista no setor de vestuário e calçados. A compra de móveis e eletrodomésticos caiu de 24% para 16%. Isso mostra que os gastos estão sendo cortados onde dá. O brasileiro já percebeu que tem que ser mais consciente nas compras.

Empréstimo

Tinha um empréstimo na Caixa e solicitei um refinanciamento. Valeu a pena! Contudo foi usado um valor de R$ 300 para melhorar minha margem e eu não pedi isso! Resumo: o valor da minha prestação ficou algo absurdo. Maria Lídia, Flamengo – RJ 

Em atenção à reclamação da ouvinte Maria Lídia Barbosa de Almeida, a Caixa Econômica Federal (CEF) informa que já entrou em contato com a cliente e esclareceu todas as suas dúvidas quanto ao contrato e prestações de seu refinanciamento. Assessoria da Caixa

Cobrança indevida

Solicitei uma linha junto a Oi, mas a demora na instalação foi tanta que acabei desistindo. A linha nunca foi instalada na minha casa, mas para minha surpresa recebi uma cobrança referente a essa linha que nunca foi instalada. Cleide dos Santos Siqueira Xarão, Mangaratiba – Rio de Janeiro

"Para não ser vítima de golpes, evite passar dados pessoais por telefone, principalmente quando é você que recebe a ligação. Desconfie sempre de ofertas muito generosas!", disse José Alfredo Lion – advogado na Lion %26 Advogados AssociadosDivulgação

A Oi entrou em contato com a Sra. Cleide para tratar de sua solicitação. Informamos que a fatura questionada já consta cancelada em nosso sistema e a cliente segue ciente do nosso contato. Assessoria de Imprensa da Oi.

Cancelamento do serviço

Estou há tempos tentando sem sucesso a cancelar os serviços da Sky, o pior é que isso acarretou em uma nova fatura. Toda vez que ligo no canal indicado para cancelamento só me é avisado o atraso no pagamento com possibilidade de corte de sinal, não aguento mais. Ajudem-me! Ronaldo Dutra, Duque de Caxias – Região Metropolitana.

Nossa equipe de atendimento entrou em contato com o consumidor e esclareceu que o cadastro do cliente permanece cancelado, sem nenhum valor em aberto. Dentro de um prazo de dez dias úteis o consumidor não ira mais receber ligações da empresa e até o dia 21/10 os aparelhos serão retirados de sua residência. Assessoria de Imprensa Sky

Comprei e não recebi!

Comprei uma panela de pressão no Shoptime. Não recebi, mas para a empresa consta o recebimento. Sou cliente desta empresa há tempos. Entro em contato com eles e só recebo desculpas. Quero o que é meu de direito. Clelia Borba, Copacabana – Rio de Janeiro

O Shoptime.com providenciou o cancelamento, conforme solicitação da cliente. O estorno ocorrerá de 1 a 2 faturas, de acordo com o prazo estabelecido pela administradora do cartão de crédito da cliente. Pedimos desculpas. Assessoria de Imprensa Shoptime

Dúvidas Frequentes

Joyce Bahiense, advogada e sócia da MR Consultoria

Joyce Bahiense%2C advogada e sócia da MR ConsultoriaDivulgação

A aquisição da casa própria vai muito além da realização de um sonho. Também envolve uma série de burocracias. Toda transação envolvendo imóveis com valor superior a 30 salários deverá ser pactuada através de uma escritura pública ou de um contrato de financiamento bancário no caso de empréstimo. “E estes mesmos documentos deverão ser registrados no cartório de Registro de Imóveis competente ao bairro onde está situado o bem”, ressalta Joyce Bahiense, advogada e sócia da MR Consultoria.

A compra de um imóvel financiado é feita por meio de um contrato de compra e venda com alienação fiduciária, ou seja, trata-se de um contrato definitivo. “Após o pagamento da última parcela do financiamento bancário, será necessário apenas solicitar junto ao banco a carta de quitação e averbar este ato no Registro de Imóveis”, conclui.

Coluna de Átila Nunes

Últimas de Rio De Janeiro