Alunos do CAp-Uerj fazem ato contra crise

Com faixas e bandeiras, jovens protestam contra a crise na Uerj e pedem melhores condições de estudo

Por O Dia

Rio - Dezenas de alunos do CAp-Uerj fizeram um ato na Avenida Paulo de Frontin, no Rio Comprido, por volta das 11h30 desta segunda-feira. Com faixas e bandeiras, eles protestam contra a crise na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e pedem melhores condições de estudo. De acordo com o Centro de Operações Rio, a manifestação causou interdições na via em direção ao Túnel Rebouças.

Alunos do CAp-Uerj fizeram protesto na Avenida Paulo de Frontin nesta segunda-feiraWhatsApp O DIA (98762-8248)

Já para esta terça-feira, os estudantes e servidores da Uerj organizam um show contra a crise na instituição. A partir das 17h, diversos artistas vão se apresentar na Concha Acústica da universidade, como Leoni, Teresa Cristina e Isabella Taviani.

Os jovens também vão participar de um ato contra a privatização da Cedae, na porta da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), na manhã desta terça-feira. Manifestação ocorrerá no mesmo dia em que os parlamentares discutirão e votarão o projeto de lei na Casa.

Na última sexta-feira, a reitoria da instituição anunciou o adiamento das aulas pela quinta vez. Segundo a direção, os estudantes vão retornar dois dias úteis após o restabelecimento das "condições básicas" de estudo e trabalho na Uerj.

Últimas de Rio De Janeiro