Mais Lidas

'Tira minha vida, mas devolve ela', diz mãe de menina morta na Maré

Criança de 7 anos foi atingida por uma bala perdida na favela Parque União

Por gabriela.mattos

Criança foi morta durante tiroteio na noite desta quarta-feiraReprodução Facebook

Rio - Abalada com a morte de sua filha, de 7 anos, Thayana Santos desabafou nas redes sociais nesta sexta-feira. "Senhor, eu me imploro, me ajoelho, traz ela para mim, por favor. Tira a minha vida, mas devolve ela", escreveu. Fernanda Adriana Caparica Pinheiro foi morta após ser atingida por uma bala perdida, na favela Parque União, no Complexo da Maré, nesta quarta-feira. Na ocasião, a menina estava brincando na casa de uma amiga.

A família esteve novamente no Instituto Médico Legal (IML) na manhã desta sexta-feira para liberar o corpo. O enterro da criança estava previsto para 10h, mas precisou ser adiado para 13h, no Cemitério de Irajá. A família errou o tamanho da criança e foi preciso encomendar outro caixão.

Os parentes de Fernanda criaram uma blusa com a foto da vítima como forma de homenagem. Um ônibus levará ainda os moradores do Complexo da Maré no enterro.

Relembre o caso

Fernanda foi atingida por uma bala perdida nesta quarta-feia. Ela chegou a ser levada para o Hospital Geral de Bonsucesso, mas não resistiu. Segundo a polícia, o intenso tiroteio que atingiu a favela durante o dia ocorreu entre traficantes rivais. A tia da menina, Denise Pacheco, contou que a menina gostava de brincar e era muito vaidosa.

"Todo mundo gostava muito dela. Era alegre e adorava gravar vídeos. Recentemente ela me pediu uma roupa de princesa", lembrou Denise. "Vamos lembrar do sorriso dela para tentar seguir em frente", destacou.

Por meio das redes sociais, amigos e parentes também lamentaram a morte de Fernanda. "Hoje choramos a sua perda, era uma criança muito feliz", disse um deles. "Ainda não acredito nisso", reforçou outro internauta. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital (DH).

?Com reportagem de Jonathan Ferreira

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia