Perseguição policial assusta moradores de Vila Isabel

PMs e bandidos trocaram tiros entre as ruas Professor Manoel de Abreu e Silva Pinto na noite desta terça. Dois suspeitos foram presos

Por O Dia

Carro acabou sendo alvo dos tiros durante a perseguição policial em Vila IsabelReprodução Facebook

Rio - As cenas de violência continuam frequentes em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio. Na noite desta terça-feira, uma perseguição policial entre as ruas Professor Manoel de Abreu e Silva Pinto assustou os moradores. Os PMs trocaram tiros com os bandidos, que estavam dentro de um carro. Os disparos chegaram a atingir um veículo e um ônibus no local.

Segundo informações do 6º BPM (Tijuca), dois suspeitos foram presos e não houve feridos. Por meio das redes sociais, os moradores relataram momentos de pânico no bairro. "Estamos reféns na nossa própria casa. Que situação triste!", lamentou um deles. "Que Deus proteja todos que estão em Vila Isabel", pediu outra internauta. "Um bairro maravilhoso está sendo destruído pela violência", disse mais um.

Moradores organizam protesto contra violência 

Casos de violência têm assustado cada vez mais os moradores. Em menos de dois meses, um corpo carbonizado foi encontrado dentro de um carro perto do Morro dos Macacos, bandidos explodiram uma agência bancária e um policial militar reformado morto em tentativa de assalto a uma loja no Boulevard 28 de Setembro. Tomados pela rotina do medo, os moradores e comerciantes do bairro vão fazer um ato pela paz no dia 7 de maio.

"A violência saiu do controle das autoridades e nós precisamos defender nosso bairro, tradições e patrimônio. Vamos sair em uma caminhada pacífica, firmes e de mãos dadas, para chamar atenção das autoridades de segurança", escreveram os organizadores do protesto em comunicado na Internet. Eles pedem ainda que os participantes utilizem roupas brancas no dia da manifestação. A concentração da passeata será em frente à agência bancária que foi explodida na semana passada, a partir das 9h.

Últimas de Rio De Janeiro