Informe: PDT chama Molon

Carlos Lupi convidou o deputado federal Alessandro Molon (Rede-RJ) para integrar o partido e ser candidato à Prefeitura do Rio em 2020

Por O Dia

Alessandro Molon flerta com PDTEstefan Radovicz / Agência O Dia / Arquivo

Rio - Presidente nacional do PDT, Carlos Lupi convidou o deputado federal Alessandro Molon (Rede-RJ) para integrar o partido e ser candidato à Prefeitura do Rio em 2020. Já em 2018, Molon disputaria a reeleição à Câmara dos Deputados.

Como o Informe publicou no domingo, Molon tem discordado da forma como Marina Silva, presidente nacional da Rede, tem conduzido a legenda. Molon foi candidato a prefeito no ano passado pela Rede e ficou em oitavo lugar, com 43.426 votos (1,43% dos votos válidos).

2018 já começou

PDT e PSB ensaiam aliança para disputar a Presidência. Isso faz com que já existam conversas para a formação de chapas em estados como Rio, São Paulo, Minas, Espírito Santo, Pernambuco, Paraíba, Bahia e Rio Grande do Sul, além de Brasília.

No Planalto

A chapa presidencial será encabeçada por Ciro Gomes (PDT-CE) e deve ter um socialista de SP ou de MG como vice.

No Rio de Janeiro

Para o estado, o PDT decide entre a deputada Martha Rocha e o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, hoje filiado ao PV. O deputado federal Hugo Leal (PSB-RJ) é tido como o vice dos sonhos para a chapa. Contra Neves, o fato de Leal ser próximo de Felipe Peixoto (PSB), arquirrival do prefeito.

Fator Maia: DEM cresce

O PSB perderá mais de uma dezena de deputados federais após a Reforma Eleitoral. A turma foi cooptada por Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara.

Força-tarefa na Alerj

Para dar início ao plano de recuperação fiscal do estado, o Tesouro Nacional exigiu que o Palácio Guanabara prolongue o Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal (FEF) por mais três anos — a mesma duração do pacto com o governo federal. Presidente da Assembleia Legislativa, André Ceciliano (PT) articula para que a medida seja votada ainda hoje. Para isso, busca consenso com os líderes.

Novo prazo

À Coluna, o governador Pezão (PMDB) se mostra esperançoso: “Aprovando o projeto, enviamos a Brasília ainda esta semana. E já teremos condições de que o presidente Temer e de que o ministro Meirelles assinem semana que vem (o plano de recuperação)”.

Prefeito vence 1º round

Marcelo Crivella (PRB) comenta a vitória de ontem na votação, em primeira discussão, do reajuste do IPTU: “Estou muito feliz. Vamos cuidar das crianças nas escolas e dos nossos doentes nos hospitais”. O Informe disse domingo que Crivella tinha entre 29 e 33 votos favoráveis. Foram 32.

Últimas de Rio De Janeiro