Feriadão de furtos, prisões e apreensões na orla carioca

De quinta a domingo, 11 pessoas foram encaminhadas para delegacias da Z. Sul

Por O Dia

Rio - Em mais um dia de sol e calor no Rio, com praias lotadas, a Guarda Municipal (GM) reforçou o patrulhamento na orla da Zona Sul e ontem, prendeu um homem e apreendeu um adolescente por furto. Um menino de 13 anos, que estava desaparecido desde maio, foi encontrado pelos agentes e levado para o Conselho Tutelar. No feriado prologando, de quinta a domingo, 11 pessoas foram encaminhadas para delegacias.

O suspeito preso ontem foi detido após furtar o cordão de uma turista francesa. Na quinta, um homem de 36 anos já havia sido preso por furtar estrangeiros em Copacabana. Os dois foram levados para Delegacia Especial de Apoio ao Turista (DEAT). No sábado, um jovem e cinco adolescentes foram encaminhados por porte e uso de drogas na Praia do Arpoador. Foram registrados ainda dois furtos de celular na sexta, em Copacabana, e um adolescente de 16 anos foi apreendido com uma arma de brinquedo no bairro.

Em todos os dias do feriadão, a GM manteve, em média, 150 agentes atuando no patrulhamento da orla. As equipes também fizeram a abordagem de mais de 60 jovens e adolescentes para verificar o risco de vulnerabilidade e organizar o embarque nos ônibus e evitar tumultos e possíveis arrastões.

Nas areias, as ações de ordenamento resultaram na retirada de dez barracas de camping e uma de caldo de cana. Foram apreendidas seis facas e três churrasqueiras, além de três depósitos de caipirinhas que estavam descobertos na orla.

Mais de 40 crianças perdidas

?Além do patrulhamento e ordenamento nas praias, a Guarda Municipal também registrou 47 crianças perdidas nas praias no final de semana. O Grupamento Especial de Praia (GEP) auxiliou na localização dos responsáveis. Ao todo, foram distribuídas 362 pulseiras de identificação para crianças nas orlas das zonas Sul e Oeste. Um menino de dez anos quase se afogou e foi resgatado do mar pela equipe do GEP, que também prestou auxílio a uma mulher que teve mal súbito.

Últimas de Rio De Janeiro