Integração entre metrô e vans que atendem Rocinha e Vidigal começa na segunda

O desconto por viagem será de R$ 2,90 nos três primeiros meses

Por O Dia

Rio - Vans que fazem o trajeto São Conrado / Jardim de Alah começam a fazer integração com o metrô a partir da próxima segunda-feira. A medida vai beneficiar moradores da Rocinha e do Vidigal e foi possível graças a um acordo entre a concessionária Metrô Rio, a prefeitura e a permissionária de transporte alternativo. O desconto por viagem será de R$ 2,90 nos três primeiros meses. 

Segundo a empresa que administra o metrô, o desconto não envolve subsidio público e será concedido integralmente pela concessionária, conforme previsto no estudo econômico que viabilizou a construção da Linha 4 pelo Governo do Estado.

A medida será publicada no Diário Oficial do município do Rio nos próximos dias. Nos três primeiros meses, os passageiros irão pagar R$ 5 para usar os dois transportes, o que representa uma economia de R$ 2,90 por viagem. Após esse período, o valor da integração passará a ser de R$ 5,55, com economia R$ 2,35 por viagem ou aproximadamente R$ 103,40 por mês.

O benefício será concedido ao passageiro que possui um cartão RioCard e a integração deverá ser realizada com o intervalo máximo de duas horas e meia. A integração entre metrô e vans será feita nas estações São Conrado e Jardim de Alah.  

"O conceito desta parceria é reforçar a função de cada modal, tanto os alimentadores quanto os de alta capacidade. O sistema de transportes é único e cabe ao poder público realizar ações integradas para orientar sua utilização. Todas as medidas devem ser pautadas no atendimento à população, independentemente da esfera governamental que regula cada serviço", afirmou o secretário de Estado de Transportes, Rodrigo Vieira.  

O presidente do MetrôRio, Guilherme Ramalho, disse que a integração intermodal é a principal solução para a mobilidade na cidade. "O metrô é um meio de transporte de alta capacidade, que precisa de alimentadores para funcionar de maneira racional. As vans atendem a essa necessidade e complementam o trajeto do metrô", destacou. 

Últimas de Rio De Janeiro