Baleia jubarte encalha em praia de Arraial do Cabo

Cerca de 50 pessoas, entre agentes e biólogos tentam levar o animal de volta ao mar

Por O Dia

Rio - Uma baleia jubarte encalhou no canto esquerdo da Praia Grande, em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, no início da noite deste sábado. Cerca de 50 pessoas, entre agentes da Guarda Ambiental, ICMBio, Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e do Corpo de Bombeiro tentam levar o animal de volta ao mar.

Baleia jubarte encalhou em Arraial no início da noite deste sábado Divulgação

O local foi isolado pela Secretaria de Segurança Pública para não atrapalhar o trabalho das equipes. O Corpo de Bombeiros cavou um buraco na areia com a ajuda de duas retroescavadeiras, para criar um canal improvisado. De acordo com os agentes, a medida é para facilitar a volta do animal às águas. 

A Prefeitura de Arraial do Cabo está fez uma transmissão ao vivo do resgate do animal em sua página no Facebook. A hashtag #forcajuju mobilizou internautas que acompanharam os esforços da equipe de resgate para salvar o mamífero. 

Mais cedo, a página da prefeitura publicou um vídeo com imagens da baleia no mar momentos antes dela encalhar. 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, às 15h30 o animal finalmente foi desencalhado após quase 20 horas de resgate.

Em agosto deste ano, três baleias encalharam na costa fluminense em apenas uma semana. Na ocasião, duas foram resgatadas, uma na  Baía de Sepetiba e outra em Búzios. Já a terceira, que havia encalhado em Ilha Grande, morreu.  

Segundo o oceanógrafo da UERJ, David Zee, desde o início do inverno, as correntes marítimas vêm demonstrando comportamento atípico. De acordo com Zee, os ventos na costa do Rio, que deveriam soprar na direção sudoeste nessa época do ano, vieram do sul e do sudeste, como ocorre no verão. As baleias jubartes, que, agora, migram de Abrolhos, na Bahia, em direção à Antártica, foram puxadas do alto mar para a costa. "Elas não se perderam, elas foram deslocadas da trajetória", disse o especialista.

Últimas de Rio De Janeiro