Coronel reformado da FAB morto no Centro é enterrado nesta sexta-feira

Ialdo Pimentel, de 76 anos, foi morto a tiros no Túnel Prefeito Marcello Alencar. Polícia não descarta hipótese de execução

Por O Dia

Rio - O corpo do coronel reformado da Força Aérea Brasileira (FAB) Ialdo Pimentel foi enterrado, na manhã desta sexta-feira, no Cemitério São João Batista, em Botafogo. A vítima, de 76 anos, foi morta a tiros no Túnel Prefeito Marcello Alencar, no Centro do Rio, na manhã de quarta. 

Coronel reformado da FAB foi enterrado no Cemitério São João Batista%2C em BotafogoRafael Nascimento / Agência O Dia

Inicialmente, havia sido divulgado que Ialdo sofreu uma tentativa de assalto. No entanto, a polícia investiga o crime e não descartou ainda a hipótese de execução. De acordo com o delegado da Delegacia de Homicídios da Capital (DH), André Timoni, os criminosos não levaram nada e o fato reforça a possibilidade de execução.

Sob forte emoção, amigos do coronel reformado levaram bonés da FAB em homenagem a Ialdo. A família da vítima preferiu não falar com a imprensa.

Relembre o caso

?No primeiro momento, os policiais militares acionados para a ocorrência disseram que a morte teria sido por latrocínio. No entanto, a mulher do coronel reformado, que estava com ele no carro no momento do crime, teria dito que os bandidos não levaram nada.

A esposa do coronel esteve na Divisão de Homicídios, na tarde desta quarta-feira, para prestar depoimento. Na saída, ela se limitou a dizer que o marido era 'uma pessoa muito querida' e que eles estavam casados há mais de 40 anos. 

Últimas de Rio De Janeiro