Protesto 'contra o golpe' fecha a BR-101, em São Gonçalo, e complica o trânsito

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto bloquearam rodovia federal em ato a favor da presidente Dilma

Por O Dia

Rio - Um protesto a favor da presidente Dilma interditou a BR-101, no trecho da Avenida do Contorno, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, na manhã desta quinta-feira. Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) atearam fogo em pneus, próximo ao Estaleiro Aliança, no km 320, travando o trânsito de São Gonçalo para Niterói.

MAIS: Movimentos fazem protestos contra impeachment de Dilma em vários estados

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), cerca de 80 pessoas participaram da manifestação. Às 7h50, a concessionária Autopista Fluminense, que administra a rodovia federal, informou que o trânsito já se encontrava totalmente liberado, mas as retenções, que no horário costumam ser de dois a três quilômetros, chegavam a oito quilômetros, indo do km 312 ao km 320.

Grupo ateou fogo em pneus%2C bloqueando trânsito na BR-101Reprodução / Facebook

No Facebook, o MTST disse que o protesto foi um ato "contra o golpe", uma manifestação a favor do governo da presidente Dilma Rousseff. Segundo informações postadas na página do movimento, bloqueios são feitos em 30 rodovias federais em nove estados do país nesta manhã. Em São Paulo, seriam 14 interdições. Além disso, os protestos ocorreriam em Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Uberlândia (MG) e Brasilia (DF).

Também na rede social, uma mulher narrou como ocorreu o bloqueio no Rio de Janeiro nesta manhã. "Desceram pessoas de uma Kombi, encheram a pista de pneus e atearam fogo, já está tudo parado, infelizmente quem quer chegar no trabalho não consegue", lamentou.

Grupo bloqueou acesso ao Rio e ateou fogo em pneusReprodução / Facebook


Últimas de Rio De Janeiro