Smartphones ganham destaque como aliado no planejamento de viagens

Buscas por passagens aéreas em smartphones têm aumento de 308% no Brasil e 152% globalmente em 2014

Por O Dia

Item indispensável na vida de milhões de pessoas, o smartphone e tablets têm tido papel importante também na hora de planejar as viagens. De acordo com levantamento do Skyscanner, empresa de pesquisa online de passagens aéreas, as buscas por passagens aéreas em smartphones tiveram aumento de 308% no Brasil e 152% globalmente, entre 2013 e 2014.

Além do aumento do uso de smartphones e tablets para buscas, os brasileiros também mostraram mais confiança em fazer reservas por meio desses dispositivos. Os dados apontam crescimento de 77% no uso do tablet para reservas. “Esse aumento sugere que os viajantes brasileiros estão se sentindo mais confortáveis com a tecnologia e com o planejamento de todos os aspectos da viagem através de aplicativos”, disse o gerente de Marketing do Skyscanner no Brasil, Mateus Rocha.

Com 35 milhões de downloads pelo mundo, o aplicativo da Skyscanner apresenta uma comparação de preços de diversos fornecedores, como agências de viagem online, companhias aéreas, hotéis e locadoras de carros em um mesmo lugar. “Quando o usuário decide comprar a passagem aérea encontrada no Skyscanner, o site o direciona à agência ou à companhia aérea para que a compra seja realizada”, disse Rocha.

O mesmo acontece com o aplicativo da Voopter, que não vende passagens, mas busca o resultado mais barato. Pela plataforma é possível encontrar passagens para qualquer destino do mundo. Segundo a empresa, o Voopter ajuda as pessoas a economizar, em média, em torno de 30%, sendo que a economia pode chegar a 70%.

A empresa saltou de 100 mil usuários em julho do ano passado para mais de um milhão em janeiro. “Somos facilitadores e isso atrai muito as pessoas. Elas encontram vantagens como alerta de preços e o Calendário Multidata, que permite fazer várias combinações de datas ao mesmo tempo e, com isso, encontrar a combinação mais barata”, disse o CEO da Voopter, Pettersom Paiva. Já com o alerta, caso o usuário não encontre o valor desejado no momento da pesquisa, o sistema o informa quando outra pessoa encontrar. “Temos visto um crescimento muito grande nos smartphones. Só a empresa tem observado aumento de 40% no número de usuários por mês”, afirmou Paiva.

Sem cobrar dos usuários, a empresa lucra através de publicidade, que também funciona a favor o cliente. “Nossos anunciantes mostram desconto de aluguel de carros, malas e outros objetivos úteis para viagem que podem interessar ao usuário”, completou.

Levantamento da Skyscanner mostra que 78% ainda compram pelo desktop. De acordo com Rocha, os viajantes brasileiros tendem a usar seus smartphones para pesquisas durante o fim de semana, mas geralmente concluem a reserva durante a semana, pelo computador. “Nos tablets, observamos que os viajantes reservam e compram pelo mesmo dispositivo, o que sugere que um dos desafios de compra nos smartphones pode ser meramente o tamanho da tela”.

Já se a necessidade for por uma passagem rodoviária, o aplicativo da Clickbus mostra a pesquisa com todas as opções para o local desejado, além de mostrar um mapa com rodoviária mais próxima da região. Mais de 155 mil pessoas já baixaram o aplicativo da empresa que tem parceria com 40 das maiores companhias de ônibus rodoviáriascadastradas.

Outro facilitador para os viajantes, o aplicativo da Airbnb permite que as pessoas encontrem hospedagens alternativas de forma segura. São mais de um milhão de anúncios de residências disponíveis a receberem hóspedes em 34.000 cidades e 190 países.

Aplicativos também servem de guias

Após decidir o destino, chega a hora de planejar o que fazer pela cidade. Para isso, aplicativos como TripAdvisor e mTrip ajudam os viajantes com base em dicas, fotos, avaliações e comentários feitos por usuários que já curtiram diversas atrações no local.

Os serviços permitem buscar restaurantes, hotéis, atrações e pontos turísticos próximas do local. Além de funcionalidades como estipular a faixa de preço desejada e definir por categorias como programas diurnos e noturnos.

Últimas de _legado_Notícia