Delator quer manter carteira da OAB

Caso inédito será decidido no mês que vem

Por O Dia

Rio - O advogado Jonas Lopes Neto, delator do esquema de propina no Tribunal de Contas do Estado, no Superior Tribunal de Justiça (STJ) quer manter a carteira da Ordem dos Advogados do Brasil do Rio. O pedido foi feito pelo defensor dele, Gustavo Teixeira. Alegou que a delação de Neto prestou um serviço à sociedade.

Advogado Jonas Lopes Neto%2C filho do ex-presidente do TCE%2C Jonas Lopes de CarvalhoDivulgação

O Conselho da OAB-RJ, formado por 180 membros, vai decidir o caso inédito no mês que vem. Neto e o pai, Jonas Lopes, ex-presidente do TCE, são os principais delatores sobre a corrupção na Corte.