Casar faz bem ao coração

Por O Dia

Casamento oferece apoio em diversos níveis, afirma estudo
Casamento oferece apoio em diversos níveis, afirma estudo - Pixabay

Casados são 14% mais propensos a sobreviver a um ataque cardíaco do que solteiros, segundo uma nova pesquisa da Aston University, no Reino Unido. Isso se deve ao fato de o matrimônio fazer as pessoas levarem um estilo de vida mais saudável. Em caso de doença, um parceiro também pode lembrar o outro de tomar os medicamentos necessários e ajudá-lo a lidar com a condição.

"O casamento oferece apoio emocional e físico em variados níveis", afirmou o pesquisador Paul Carter, líder do estudo.

Para chegar a essa conclusão, os cientistas analisaram pacientes que foram hospitalizados na Inglaterra entre 2000 e 2013. Todos já haviam sofrido enfarte ou tinham fatores de risco (histórico familiar, sedentarismo e hipertensão, por exemplo) para o problema. Os resultados do trabalho foram apresentados no Congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia, em Barcelona, Espanha, no fim de agosto.

Comentários

Últimas de Esporte