É PRECISO MAIS CUIDADO COM OS INTERVALOS

Por O Dia

Já de muito tempo, o break comercial deixou de ser simples intervalo, mas espaço dos mais valorizados, em grande parte com produção superior, mais rica e criativa, que a maioria das TVs.

A ficha de algumas emissoras é que ainda não caiu para essa tamanha importância, daí maus-tratos e a vasta quantidade de desleixos observados em suas programações. Record, por exemplo.

Desde o começo até o fim das manhãs entram praticamente coladas mensagens de três empresas, concorrentes em seus ramos de negócio, e todas protagonizadas pelos artistas Zezé Di Camargo e Luciano, juntos ou separados. Não existe o cuidado de isolar uma das outras.

E a mesma ação comercial, regra geral, é repetida mais de uma vez, a ponto de levar qualquer um a esquecer do que estava assistindo. É por aí, e muitos não se atentaram a isso, que a audiência vai para o ralo. O intervalo operacionalizado com perfeição tem efeito inverso. Agrega resultados.

Comentários

Últimas de Diversão