'Quase que não chega', diz Sabrina Sato sobre fantasia

Unidos de Vila Isabel tem problemas com entrega de fantasias. Cinco alas da escola deixam de desfilar e componentes de carro passam na Sapucaí apenas de cueca e short

Por O Dia

Sabrina Sato ficou esperando na Marquês de Sapucaí até que sua fantasia chegasseAg. News

Rio - Sabrina Sato passou por momentos de tensão antes de entrada na Avenida, na madrugada desta terça-feira, no segundo dia de desfiles do Grupo Especial na Marquês de Sapucaí. A rainha de bateria da Unidos de Vila Isabel, contou que sua fantasia "quase que não chegou". "Tiveram de trazer de motoboy", falou.

Sabrina desfilou vestida de onça pintada. "É uma fantasia meio onça, meio bicho e representa os animais em extinção", contou ela, que garantiu: "Não tem pena. É tudo sintético".

Questionada sobre o valor da fantasia, a rainha riu e desconversou. "O que importa é fazer um desfile lindo, pois vocês merecem. A Vila vem linda!", afirmou.

A Unidos de Vila Isabel não teve problemas apenas com a entrega da fantasia de Sabrina. Cinco alas da escola não desfilaram pois as fantasias não ficaram prontas a tempo.

Outro problema com fantasias da Azul e Branca foi no segundo carro alegórico. Os componentes não receberam a parte de baixo e o sapato. Ao todo, 30 pessoas desfilam nesse carro apenas de cueca e short.

Últimas de Carnaval