Zé Ricardo não vê Fla jogando por empate em final; Guerrero não preocupa

Atacante peruano não terminou o clássico e acabou sendo substituído

Por O Dia

Rio - O Flamengo saiu na frente da decisão. Com uma vitória por 1 a 0, o Rubro-Negro poderá empatar no próximo domingo que fica com o título do Carioca. Porém, se alguém pensa que a equipe de Zé Ricardo irá administrar a vantagem engana-se. O treinador afirmou que os seus comandados vão buscar outra vitória no domingo que vem.

Zé Ricardo quer o Flamengo ofensivo novamenteGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

"Concordo com Abel no que diz respeito ao jogo não estar definido. É como se fosse uma peça de teatro com dois atos, e vamos para o segundo ato no segundo tempo. Depois de quarta-feira não vamos sentar em nenhum tipo de vantagem. Não é do DNA do Flamengo jogar dessa forma. Qualquer resultado pode acontecer", disse.

Antes do reencontro com o Tricolor, o Flamengo tem duelo decisivo pela Libertadores. A Universidad Católica será o rival desta quarta-feira, no Maracanã. Caso vença a partida e o San Lorenzo não derrote o Atlético-PR, em Curitiba, a equipe carioca avança para as oitavas de final. Zé Ricardo comentou o caso de Guerrero, que não terminou a partida contra o Fluminense. O treinador garantiu que o peruano não preocupa.

"O que temos de informação é que Paolo teve uma "cãibrazinha" na panturrilha mesmo por todo o esforço feito. Vamos fazer uma avaliação amanhã de quem vai estar 100%, pelo menos para iniciar a partida (na quarta-feira). Tínhamos noção que as substituições seriam mais pelo desgaste, mas Romulo saiu antes pelo problema no joelho. Seguramos o máximo porque tínhamos certeza que muitos iriam sair em virtude da sequência, depois de jogo tão desgastante contra o Atlético-PR", concluiu.