Adilson mostra ansiedade por retorno de Juninho: 'Queremos ajudá-lo'

Meia pode se aposentar caso não alcance boa forma física novamente

Por O Dia

Rio - A renovação de contrato com o Vasco e a inscrição no Campeonato Carioca por meio do registro na Ferj não garantem que Juninho Pernambucano entrará em campo em um futuro próximo. Recuperado recentemente de grave lesão muscular, o veterano meio-campista luta para aprimorar forma física e pode se aposentar caso não alcance condicionamento ideal. A possibilidade de perder o jogador, porém, não preocupa o técnico Adílson Batista.

Recentemente, em sua primeira entrevista coletiva no ano, Juninho revelou ter feito acordo com a diretoria do Vasco para que, caso seja necessário, se aposente de vez do futebol caso não consiga evoluir fisicamente. O treinador Adilson Batista afirma que o meia tem todo o apoio do elenco e da comissão técnica para voltar com tudo e ajudar o Vasco da Gama no estadual.

"O importante é que está tudo esclarecido entre as partes. Nossa intenção é só ajudá-lo. Estamos observando tudo de perto e procurando fazer os trabalhos para que ele se solte cada vez mais, se condicione e tenha condições de jogar", afirma o técnico.

Juninho pode se aposentar após o CariocaErnesto Carriço / Agência O Dia

"Quando o jogador vai chegando a uma certa idade fica mais complicado mesmo. Juninho é um ótimo profissional, sempre dedicado. Ele procurou se recuperar da lesão e voltou ao clube com um planejamento feito pela área médica, pela fisiologia, pela preparação física, para que a gente tome todos os cuidados possíveis. Qualquer atleta gosta de jogar, de contribuir, mas tudo tem limite", admite o treinador vascaíno.

Ainda sem Juninho, que não atua deste o dia 10 de novembro, o Vasco encara o Macaé na noite desta quarta-feira buscando a primeira vitória no Campeonato Carioca. O duelo será realizado no Moacyrzão e vale pela segunda rodada do torneio. O Cruz-maltino ocupa a sexta colocação, com um ponto ganho.