Futebol agradável e vitorioso: a meta de Doriva à frente do Vasco

Técnico fala sobre característica e mostra confiança para 2015

Por O Dia

Rio - O recado do chefe Eurico Miranda foi claro. Doriva tem de armar um time ofensivo. O novo técnico do Vasco não se assusta com a missão. Campeão paulista pelo Ituano, ele demonstra confiança e seguir a "ordem" do "seu Eurico" (como chamou o presidente do clube). Doriva deu detalhes de suas características como técnico e a filosofia que prentende implementar no Gigante da Colina.

Doriva não foge da missão de armar um time ofensivo no VascoBruno de Lima

"Sou um treinador que acompanha bastante os jogos europeus e brasileiro. Um treinador que gosta que a equipe jogue de uma maneira envolvente. Sabemos que hoje em dia qualquer jogo impõe dificuldade, mas, se você tem uma maneira de jogar com qualidade, jogadores envolventes, velocidade, você pode ter uma equipe envolvente que pratica um futebol agradável, bom de se ver e vitorioso. Nossa ideia é essa. Sabemos que deste sonho até a realização deste sonho há um percurso a percorrer. Estamos conscientes de tudo isso e pretendemos fazer isso acontecer o mais rapidamente possível", disse Doriva à VascoTV.

Doriva ganhou projeção ao levar o Ituano ao título Paulista de 2014. Depois, porém, não teve sucesso no Atlético-PR, no Brasileiro. Agora, terá a chance de comandar o Vasco em 2015. Ele chega prestigiado. O contrato é até o fim de 2015, mas Eurico avisou que deseja mantê-lo em todo o mandato, até 2017.