Presidente egípcio designa economista liberal para formar novo governo

Nobel da Paz, Mohamed ElBaradei está como vice-presidente das Relações Exteriores

Por O Dia

Cairo (Egito) - O presidente interino do Egito, Adly Mansour, encarregou nesta terça-feira o economista liberal Hazem al Beblaui da formação de governo como novo primeiro-ministro do país, e designou o Nobel da Paz Mohamed ElBaradei como vice-presidente para Relações Exteriores, segundo a agência oficial "Mena".

O conselheiro de comunicação da Presidência, Ahmed al Muslimani, declarou que o presidente interino "emitiu um decreto para encarregar que Hazem al Beblaui presida o governo" e acrescentou que "as consultas do novo chefe do Executivo acabam de começar para escolher os ministros". Em outro decreto republicano, Mansur designou ElBaradei como vice-presidente para Relações Exteriores, acrescentou o porta-voz.

ElBaradei havia sido o primeiro candidato a liderar o novo governo de transição, e sua designação chegou inclusive a ser anunciada pela mídia estatal, mas, no último momento, a rejeição do maior partido salafista, Al Nour, freou sua nomeação. Beblaui, de 76 anos, já foi vice-primeiro-ministro e ministro de Finanças durante quatro meses em 2011, no Executivo interino de Essam Sharaf.

No entanto, anunciou sua demissão em outubro desse ano por seu desacordo com a atuação do exército no massacre de manifestantes coptas em enfrentamentos com os militares, diante da sede da emissora de rádio e TV estatal em Maspero. Reputado como defensor da democracia, Beblaui é um dos dirigentes do Partido Social-Democrata, que nasceu após a Revolução de 25 de Janeiro de 2011, em que foi derrubado o presidente Hosni Mubarak (1981-2011).

Últimas de _legado_Mundo e Ciência