Indonésia conclui resgate de corpos após queda de avião

Voo que caiu na ilha de Papua não deixou sobreviventes

Por O Dia

Indonésia - As equipes de resgate encontraram nesta terça-feira os corpos dos 54 ocupantes do avião que caiu no último domingo em uma remota região montanhosa da parte indonésia da ilha Papua, em um acidente no qual não houve sobreviventes.

"Retiramos 54 corpos (do local do acidente). Com isto encontramos todos os passageiros e a tripulação", anunciou Bambang Soelistyo, chefe da Basarnas, a agência nacional de resgates, segundo o portal "Detik".

As autoridades acrescentaram que estão preparando o transporte dos corpos a Jayapura, capital da província indonésia de Papua, e local de onde decolou o avião antes de cair pouco depois perto de seu destino, Oksibil, no centro da ilha.

Equipe indonésia resgatou corpos de todos os passageiros e tripulantes de avião Reuters

Os destroços do aparelho, um modelo ATR 42 de hélices operado pela companhia aérea Trigana Air, foram avistados na última segunda-feira por aviões de reconhecimento em uma área de difícil acesso à qual as equipes de terra não puderam chegar até esta manhã. As dificuldades do terreno e o mau tempo complicaram o acesso ao local do acidente, próximo à catarata Oksop, na regência de Montanhas Bintang, situada a cerca de 13 quilômetros do aeroporto de Oksibil.

O chefe de operações da Basarnas, Heronimus Guru, disse à emissora de televisão "Metronews" que a maioria dos corpos dos 49 passageiros e cinco tripulantes estavam intactos e que espera terminar o transporte de todos os restos a Oksibil no início da tarde desta quinta-feira. O acidente aéreo de Papua é o terceiro ocorrido na Indonésia em menos de um ano.

Em dezembro do ano passado, um avião de Air Asia caiu no mar de Java com 162 pessoas a bordo enquanto fazia a rota entre Surabaia, no leste da ilha de Java, e Cingapura. Já no último dia 30 de junho 141 pessoas morreram na queda de um avião militar em uma área residencial de Medan, capital da província de Sumatra do Norte, no oeste do arquipélago, logo após decolar.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência