Empresa transforma chassis de veículo danificado em escola para capacitação

Ao invés de ir para reciclagem, carroceria vira Ônibus-Escola com simulador de panes para treinamento dos rodoviários

Por O Dia

Rio - Era a sucata o destino de três ônibus que viraram ônibus-escola para capacitação profissional. Os chassis foram reciclados para as aulas e são equipados com simulador de panes, auxiliando à identificação rápida de problemas do dia a dia, como defeitos nos freios, transmissão ou motor. Já em outro carro, a nova função é de servir para o treinamento dos rodoviários em aparatos como elevador hidráulico para cadeirantes e validador dos cartões eletrônicos.

Chassi é reformado para simulações de situações do cotidiano dos rodoviáriosDivulgação

A iniciativa foi implantada pela viação Nossa Senhora de Lourdes ao decidir reverter veículos incendiados, em atos de vandalismo, para fins como educação e aprimoramento dos colaboradores. "Tentamos amenizar o impacto do dano causado à população com a qualificação dos funcionários. Cada coletivo demora, em média, de três a seis meses para ser substituído e isso significa deixar de transportar 70 mil passageiros até que se conclua a troca", explicou o supervisor de comunicação da Nossa Senhora de Lourdes, João Arthur Valente.

De acordo com a Rio Ônibus, só na cidade do Rio de Janeiro, 47 ônibus foram incendiados desde o início do ano, enquanto em 2013, foram seis casos. O sindicato ainda informa que se todos os 47 ônibus estivessem em circulação, haveria mais de três milhões de lugares a mais durante o período antecedente à reposição.

Últimas de _legado_O Dia no Coletivo