Acusado de tentar estuprar a sobrinha é detido na Mangueira

Policiais dizem que evitaram linchamento

Por O Dia

Rio - Um homem foi detido na noite desta segunda-feira, acusado de tentar abusar sexualmente da sobrinha de 12 anos, no Morro da Mangueira, Zona Norte do Rio. O exame de corpo de delito não atestou violência contra a menor. Ele será liberado e responderá inquérito em liberdade.

De acordo com policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Mangueira, a menina estava tomado banho quando o tio, que mora na mesma casa, abriu o box, colocou o pênis para fora e esfregou na menor. Após o fato, ela colocou a roupa, saiu para a rua e pediu ajuda aos policiais. O homem acabou detido. Ainda conforme os militares, eles impediram que o acusado fosse linchado por moradores da localidade conhecida como Caixa D'Água.

De acordo com o delegado-adjunto da 17ª DP (São Cristóvão), Othon Alves Filho, um procedimento será aberto para investigar o suposto estupro de vulnerável. Segundo ele, a versão da menor é considerada fantasiosa. Parentes da adolescente já tinham saído em defesa do tio. O exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) também não apontou violência, informou o delegado.

Ainda segundo Othon Filho, os PMs que fizeram a prisão também serão investigados pela acusação de agressão ao suspeito após a prisão. De acordo com os policiais, o acusado tem quatro passagens pela polícia: duas por roubo e duas por furto. Ele está em liberdade condicional.

Últimas de Rio De Janeiro