Réveillon será uma festa abençoada e com segurança high-tech

Mensagem do Papa Francisco pelo aniversário de 450 anos da cidade será transmitida antes da virada nos telões de Copacabana, em noite sem chuva

Por O Dia

Rio - O último dia do ano será de muito calor. Os termômetros devem chegar a 39°C, e não há previsão de chuva na virada. Para os dois milhões de pessoas que vão celebrar a passagem de 2014 na Praia de Copacabana, o Réveillon será ainda mais especial. O Papa Francisco vai abençoar os cariocas e turistas e parabenizar o Rio pelos seus 450 anos que serão comemorados em janeiro.

O anúncio foi feito nesta terça pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes, ao visitar um dos palcos montados na areia para checar os últimos detalhes da grande festa. Uma mensagem especial do Pontífice será exibida hoje à noite nos telões instalados nos três palcos para shows, meia hora antes da queima dos fogos que vai projetar nos céus a idade da aniversariante.

A professora Loidia Moreira e o empresário Mendes Santos vieram de Jundiaí%2C em São Paulo%2C para realizar o sonho de assistir à virada em CopaCarlo Wrede / Agência O Dia

“O Papa vai parabenizar o Rio pelos 450 anos, lembrando a passagem dele em Copacabana (durante a Jornada Mundial da Juventude). Foi o único momento em 2013 que teve a mesma dimensão do Réveillon”, disse Paes. De acordo com o secretário de Turismo, Antônio Pedro Figueira, o vídeo foi gravado pelo Vaticano e enviado por iniciativa de Sua Santidade. Segundo o secretário, num dos trechos da mensagem, o Papa Francisco dirá: “Tenho a certeza de que a Cidade Maravilhosa tem muito a oferecer ao Brasil e ao mundo”.

O prefeito Eduardo Paes pediu à população serenidade, tranquilidade, diversão e muita paz. “Para que a gente possa neste Réveillon entrar com o pé direito”, disse.Com a cidade cheia, visitantes enfrentaram longas filas para conhecer os pontos turísticos, como no Cristo Redentor. Muitos se queixaram da falta de informação. Apesar das queixas, Paes vê melhora no atendimento. “O Corcovado é de difícil acesso, não cabe todo mundo lá em cima. As pessoas compram por horário. Esperamos que funcione”.

O prefeito Eduardo Paes inspeciona os palcos e telões%2C instalados na areia de Copa%2C de onde será transmitida a mensagem do PontíficeJosé Pedro Monteiro / Agência O Dia

Durante a inspeção em Copacabana, Paes comentou sobre a segurança no evento, que este ano contará com 1.729 PMs —15.441 em todo o estado — e com equipamento de vigilância de alta tecnologia. Ele disse que a polícia estará presente, mas que o público deve fazer sua parte. “Todo mundo pode tomar sua cervejinha, mas pedimos que as pessoas respeitem o direito dos outros”, pediu.

O movimento foi intenso na Rodoviária Novo Rio. Durante todo o dia, 36 mil pessoas deixaram a cidade e 26 mil chegaram de ônibus ao Rio. Mesmo com 700 ônibus extras, alguns destinos, como cidades da Região dos Lagos, estavam esgotados, para decepção de quem deixou para comprar a passagem na última hora.

Nesta terça-feira, guardas municipais começaram a distribuir 20 mil pulseiras de identificação para crianças. Neste ano, o serviço será feito em Copacabana e nas festas da Ilha do Governador e do Parque Madureira. Além de redobrar o cuidado com os pequenos, a Polícia Militar recomenda à população que chegue cedo, modere na bebida alcoólica, use transporte público, evite levar grandes somas de dinheiro e mantenha objetos de valor na frente do corpo.

Réveillon eleva a taxa de ocupação dos hotéis 5 estrelas do Rio a 87%

Em um ano de alta visitação, o número de turistas presentes na festa de Réveillon carioca não poderia decepcionar. A expectativa da Secretaria de Turismo (Riotur) é que a cidade receba durante esta semana 816 mil turistas. O número é superior aos 767 mil que vieram curtir a chegada de 2014.

A lotação de quartos é outro motivo de comemoração do setor. Segundo a última prévia de ocupação feita pela Associação de Hotéis do Rio (ABIH-RJ), há 76% de reservas pagas para a virada. E os hotéis cinco estrelas estão entre os mais procurados: ocupação desses está na casa dos 87%. Para a noite da virada, os hotéis da cidade já batem 85,19% de ocupação. Só o bairro de Copacabana, famoso por sua festa na praia, têm 93,37% dos quartos reservados. Diferente do que ocorreu na Copa da Mundo, a pesquisa aponta uma média de 80% de turistas brasileiros e somente 20% estrangeiros.

Guarda municipal distribui pulseiras de identificação para crianças na orlaCarlo Wrede / Agência O Dia

Entre os que aguardam ansiosos pela virada, estão a professora Loidia Moreira, 52 anos, e o marido, o empresário Mendes Santos, 54 anos. Depois de três visitas ao Rio, o casal que é de Jundiaí (SP), enfim, realizou o antigo desejo de curtir a virada em Copacabana. “Era um sonho”, afirmou Loidia.

Um grupo de amigos de Jacksonville, da Flórida, nos EUA, também está animado e surpreso com o que encontrou na cidade. “É mais legal do que esperávamos. Diziam que seríamos roubados ou que tudo estaria cheio demais”, afirmou o músico americano David Kay sobre o que leu no noticiário de seu país antes da viagem. “Estamos nos sentindo muito seguros. Provamos várias coisas, como farofa”, contou ele.

A estudante Vivian Cyrne, 24 anos, conheceu David e os amigos americanos em um intercâmbio há seis anos. Desde então sempre que pode, o grupo se reencontra em algum lugar do mundo. “Estamos todos juntos na casa de um amigo e vamos passar a virada na Lagoa”, contou ela. Outro amigo do grupo, o músico Erick Fletcher aproveitou a vinda ao Brasil para conhecer também Recife e Maceió. “O Recife é lindo e também gostei muito de Porto de Galinhas”, disse Fletcher.

Acesso à Atlântica até as 15h de quarta-feira

A partir das 15h, a Avenida Atlântica será completamente interditada. Às 18h haverá o fechamento externo dos acessos a Copacabana: Ipanema, Lagoa (Corte de Cantagalo), Túnel Velho e Enseada de Botafogo, exceto para ônibus de linha regular, táxis e veículos portadores do cartão de ‘trânsito livre’. Às 22h, haverá fechamento total dos acessos a Copacabana, inclusive para ônibus, táxis e veículos com cartão ‘trânsito livre’. Para chegar ou sair da região, a CET-Rio recomenda a utilização de transporte público, bicicleta ou deslocamento a pé.

O tatuado americano David Kay e os amigos%3A surpresos com RioCarlo Wrede / Agência O Dia

Até as 22h, 80 linhas dê ônibus passarão pela área da festa. Para voltar para casa, os usuários devem dirigir-se às três áreas de embarque que serão na Enseada de Botafogo (embarque para o Centro e Zona Norte), Lagoa (Grajaú, São Cristóvão e Central, via Túnel Rebouças) e Avenida Vieira Souto (embarque para Barra da Tijuca, Jacarepaguá e Zona Oeste).

Lixo Zero atua na orla até quinta

Um esquema especial foi montado pela Comlurb para limpar a orla do Rio depois do Réveillon. Segundo a companhia, a meta é que até as 10h desta quinta-fira, todo o lixo tenha sido recolhido por 3.220 garis que irão atuar, além da orla, no Aterro do Flamengo, Piscinão de Ramos, Sepetiba, Guaratiba, Penha e Parque Madureira.

Haverá quatro ecopontos, com dois contêineres cada, chamados de laranjões, para para coleta seletiva. A expectativa é retirar das ruas e da orla, menos do que as 109,84 toneladas de lixo coletadas na festa do ano passado. A novidade deste ano fica por conta dos 89 sopradores, equipamento que retira a areia entre as pedras portuguesas e a devolve para a praia.

O maior efetivo — 1.289 garis — ficará em Copacabana. Pistas e calçadas serão lavadas após a festa. A Comlurb reforçará, junto com a Guarda Municipal, a fiscalização do Programa Lixo Zero. Hoje, entre às 8h e 20h, e amanhã, de 13h às 20h, 120 equipes irão multar quem jogar lixo no chão, na orla da Zona Sul.

Últimas de Rio De Janeiro