Wagner Victer deixa prédio de secretaria sem acordo com estudantes

Na ocupação, que ocorre desde o último dia 30, os alunos reivindicam por melhores condições na educação estadual

Por O Dia

Rio - O secretário estadual de educação, Wagner Victer, e os estudantes que ocupam o prédio da Secretaria de Estado de Educação, no Santo Cristo, não conseguiram entrar em um acordo durante uma reunião nesta segunda-feira. Desde o último dia 30, os alunos estão no local reivindicando por melhores condições na educação do estado.

?LEIA MAIS

?Estudantes ocupam Secretaria de Educação e pedem audiência com Dornelles

?PM desocupa a Secretaria de Educação e estudantes reclamam da ação

De acordo com a assessoria de imprensa do secretário, os ocupantes da sede exigiram, "ao contrário do preestabelecido com os mediadores, a entrada de dezenas de outras pessoas, que não entraram. Portanto, os ocupantes se recusaram a continuar a reunião".

"O governo do estado continuará mantendo a pauta de discussão dos pleitos dos alunos no âmbito das reuniões realizadas pela Defensoria Pública e Ministério Público, conforme o estabelecido pela juíza da 2ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso", completou, em nota.

Segunda ocupação na sede

Esta não é a primeira vez que os jovens ocupam a sede da secretaria. No último dia 21, os policiais do Batalhão de Choque (BPChq) retiraram à força o grupo de estudantes que permanecia em protesto no interior do prédio. A ação ocorreu por volta das 4h30, houve uma grande confusão e pelo menos dois estudantes ficaram desacordados. No tumulto, os policiais usaram spray de pimenta para controlar os jovens. Os alunos classificaram a ação como truculenta.

De acordo com o batalhão, os policiais estavam no local "para manter a integridade física dos ocupantes e evitar depredações no prédio". Segundo o comandante do Batalhão de Choque, a ação para a retirada dos alunos que ocuparam Secretaria de Educação começou por volta das 4h da madrugada deste sábado e terminou cerca de meia hora depois.

Últimas de Rio De Janeiro