Suspeito de matar sobrinha de traficante na Cidade de Deus é preso

Mulher foi morta em tiroteio na comunidade no dia 2 de junho

Por O Dia

Rio - Os agentes da Delegacia de Homicídios (DH) prenderam, na noite desta terça-feira, o suspeito de matar Priscila Gonçalves Leite. A sobrinha do traficante Éderson José Gonçalves Leite, conhecido como Sam, foi assassinada no dia 2 de junho durante uma intensa troca de tiros na comunidade. 

Segundo a DH, Max Jones Santos da Silva, de 35 anos, trabalhava como motoboy em uma drogaria na Estrada dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. Ainda de acordo com a polícia, Max confessou que foi ele quem executou a vítima. A polícia ainda procura os outros mandantes do crime.

?LEIA MAIS: Tiroteio assusta moradores da Cidade de Deus após morte de mulher

A polícia contou que, ao ser detido, Max chegou a apresentar um nome falso, que segundo seria o nome de seu irmão. Além do homicídio, ele também poderá ser autuado por crime de falsa identidade. A motivação do crime, teria sido por disputas internas relacionas ao do tráfico de drogas na região.

O corpo de Priscila foi encontrado no dia 2 de junho, perto de uma fábrica na Taquara, Zona Oeste do Rio. Na época do crime, criminosos chegaram a atacar a base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na
Cidade de Deus.

Últimas de Rio De Janeiro