Por cadu.bruno

Rio - O cirurgião Ivo Pitanguy morreu neste sábado, aos 90 anos, vítima de uma parada cardíaca. Ele estava em sua casa, na Gávea, na Zona Sul do Rio. Pitanguy já havia sido internado em junho deste ano para tratar de uma infecção.

Em sua última aparição pública, médico carregou a Tocha Olímpica na passagem da chama pela Zona Sul.

O velório ocorrerá neste domingo no Memorial do Carmo, na Zona Norte, às 13h. A cremação está prevista para as 18h, de acordo com a instituição.

Um dos maiores nomes da cirurgia plástica mundial, Pitanguy foi responssável pela criação da ala de queimados da Santa Casade Misericórdia, no Rio.

Ivo Pitanguy morreu em sua casa, na Zona Sul do Rio Divulgação / Clínica Ivo Pitanguy


Você pode gostar