Corpo de criança atingida por portão na Zona Oeste será enterrado neste domingo

Acidente aconteceu na última sexta-feira, após menino encostar em estrutura que fica na Escola Municipal Amazonas

Por O Dia

O corpo de Matheus Almeida de Moraes Cele%2C de 3 anos%2C será enterrado às 11hReprodução

Rio - Está sendo velado, na manhã deste domingo, no Cemitério de Campo Grande, o corpo do pequeno Matheus Almeida de Moraes Cele, de apenas três anos, que morreu após ser atingido por um portão da Escola Municipal Amazonas, na manhã da última sexta-feira, também em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. O corpo da criança será enterrado às 11h.

De acordo com relatos, Matheus estava acompanhado do pai e de duas crianças na calçada, quando uma delas se apoiou e o portão de ferro caiu.  

Segundo o 40° BPM (Campo Grande), o batalhão foi acionado depois que o portão atingiu a criança. O menino foi socorrido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Estrada do Mendanha, também em Campo Grande, mas não resistiu. A Polícia Civil informou que uma investigação está em andamento para esclarecer as circunstâncias da morte e também apurar a responsabilidade do acidente.

Em nota, Secretaria de Educação, Esportes e Lazer lamentou a tragédia que vitimou o menino Mateus e  informou que está prestando a assistência necessária aos familiares da criança, em conjunto com as secretarias de Saúde, Assistência Social e Direitos Humanos. Ainda ressaltou que aguarda o laudo da perícia técnica para saber o que realmente aconteceu. 

De acordo com a secretaria, o engenheiro da RioUrbe esteve no local e indicou que o portal de acesso aos veículos estava em bom estado de conservação e a escola em nenhum momento solicitou o reparo. Ainda segundo o mesmo relatório, aparentemente houve um desgaste imperceptível dos apoios, o que culminou com o tombamento. 

Últimas de Rio De Janeiro