Foragido do Rio por homicídio é preso em Pindamonhangaba

Homem é o principal suspeito de matar Jessica Lorene Menezes Santos, sua namorada na época. Crime ocorreu em outubro de 2015

Por O Dia

Foragido do Rio foi preso em PindamonhangaDivulgação

Rio - Um foragido da Justiça do Rio foi preso, na última sexta-feira, em Pindamonhangaba, município da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte no estado de São Paulo. Rodrigo Mactavish Corrêa, de 31 anos, é o principal suspeito de assassinar a namorada Jessica Lorene Menezes Santos, de 25 anos.

O crime teria ocorrido em outubro de 2015, na comunidade do Rio das Pedras, na Zona Oeste do Rio, após Rodrigo descobrir uma suposta traição ao ler uma mensagem no celular da vítima. O homem foi preso após sua localização ser informada ao Facebook dos Procurados.

De acordo com as investigações da Delegacia de Homicídios da Capital, por um mês, ele planejou uma vingança enquanto fingia ter perdoado Jessica, que dividia um apartamento com uma amiga. Jessica foi assassinada com golpes de faca, na região do pescoço, após passar a noite com Rodrigo, que também teria tentado matar a amiga dela. A amiga da vítima sobreviveu após ser socorrida.

Rodrigo Mactavish, foi preso após se envolver em uma discussão com sua mãe, quando saia do Centro de Atenção Psicossocial de Pindamonhangaba (Caps). Um guarda municipal que viu a confusão pediu ajuda a um enfermeiro do Caps ao perceber que Rodrigo estava agredindo a mãe. Pouco depois de sair, o agressor voltou novamente para dentro do Caps, e agrediu o guarda com uma pedrada na boca, quebrando seus dentes. A polícia foi acionada após o incidente.

Na 1ª DP de Pindamonhangaba foi constatado que havia contra Rodrigo um mandado de prisão, expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Além do homicídio (artigo 121), Rodrigo também irá responder pelo artigo 147 (agressão). O Portal dos Procurados oferecia uma recompensa de R$ 1 mil por informações que levassem a sua captura.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de foragidos da Justiça podem denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram dos Procurados (21) 96802-1650; pelo inbox do facebook; pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo aplicativo do DD. Em todos os canais de denúncias, o anonimato é garantido.

Últimas de Rio De Janeiro