Paciente cai do segundo andar do Hospital Getúlio Vargas

É o segundo caso de paciente que cai do HGV neste ano

Por O Dia

Rio - Internado na quinta-feira com arritmia cardíaca e suspeita de infecção pulmonar, Jorge Rangel Gonçalves, 66 anos, sofreu uma queda do segundo andar do Hospital Getúlio Vargas, na Penha, na madrugada de ontem. Segundo parentes, ele fraturou o fêmur, a bacia e machucou a cabeça. "Como um paciente cai da janela? Não tinha ninguém tomando conta?", indagou Wenderson Alves Rangel, 23, um dos oito filhos de Gonçalves. A família deu queixa na 22ª DP (Penha) e ameaça processar o hospital.

É o segundo caso de paciente que cai do HGV neste ano. Em janeiro, Luiz Antonio dos Santos, 53 anos, morreu ao cair do terceiro andar. "Isso é uma coisa chamada 'never events' (incidentes graves evitáveis). Existe uma regra que diz que quando tem acidente, tem precedente. O que foi feito depois do primeiro?", questionou o médico Alfredo Guarischi, membro da Câmara Técnica de Segurança dos Pacientes do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) e do Conselho Federal de Medicina. Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde se limitou a confirmar a queda e informar que "o paciente segue em atendimento, apresentando estado de saúde estável".

 

Últimas de Rio De Janeiro