Ladrões invadem sede da Red Bull Racing e levam 60 réplicas de troféus

Crime aconteceu em Milton Keynes, na Inglaterra. Ninguém foi preso

Por O Dia

Sebastian Vettel é responsável por grande parte da coleção de títulos da RBREfe

Ingletarra - A sede da Red Bull, em Milton Keynes, na Inglaterra, foi invadida nesta madrugada por ladrões que levaram 60 réplicas de troféus obtidos pela escuderia em provas do Campeonato Mundial de Fórmula 1.

LEIA MAIS: Notícias, treinos e provas: confira o mundo da Fórmula 1

A polícia local foi informada do crime no início da madrugada (hora local) e já sabe que um grupo de seis homens entrou nas instalações da equipe em dois carros com placa estrangeira, uma caminhonete 4x4 preta, e um Mercedes de cor escura.

As forças de segurança, no entanto, não têm qualquer descrição dos envolvidos no assanto.

Christian Horner, chefe da escuderia, confirmou que o valor dos troféus é baixo, por se tratarem de réplicas recebidas pela Red Bull. O dirigente esportivo, no entanto, admitiu que o "dano moral é enorme, por se tratar de fruto de muitos anos de trabalho".

Ainda de acordo com informações da polícia, nenhum dos vigias que estavam na sede de Milton Keynes ficou ferido.

Últimas de Esporte