Fifa multa federações de seis países por cantos homofóbicos de torcidas

Entidade registrou comportamento discriminatório em cantos de torcidas durante jogos das eliminatórias para a Copa 2018

Por O Dia

Suíça - A Fifa confirmou nesta quarta-feira uma multa a seis federações nacionais (Argentina, Chile, Honduras, México, Peru e Uruguai) por conta do comportamento anti-desportivo de seus torcedores durante partidas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Segundo a entidade, as canções tinham "qualificação insultante e discriminatória", especialmente homofóbica.

Federação chilena sofreu puniçãoEfe

A entidade informou que depois de analisar o relatório dos jogos e as provas reunidas pelo sistema de monitoramento implementado nas eliminatórias, foram abertos processos disciplinares contra as federações dos países citados.

As federações de Argentina, México, Peru e Uruguai foram multadas em 20 mil francos suíços (cerca de R$ 71 mil) por incidentes em apenas um jogo, enquanto o Chile recebeu uma multa de 70 mil francos suíços (cerca de R$ 277 mil) por quatro casos que ocorreram em diferentes jogos.

Em todos casos foram registrados cantos homofóbicos pelos torcedores das determinadas seleções nacionais. Segundo a Fifa, esses torcedores violaram o art. 67 do Código Disciplinar da entidade.

O Comitê Disciplinar tomou as decisões depois de analisar todas as circunstâncias específicas de cada caso. O processo contra a federação de Honduras, em que também foram registrados cantos homofóbicos da sua torcida, ainda está em andamento.

Últimas de Esporte