Técnico da Colômbia diz que triunfo sobre o Brasil veio com justiça e mérito

Murillo fez o gol da vitória por 1 a 0 contra o Brasil

Por O Dia

Pekerman comandou a vitória colombiana diante do BrasilReuters

Chile - O técnico da seleção colombiana, o argentino José Pekerman, afirmou que sua equipe venceu o Brasil nesta quarta-feira, por 1 a 0, "com justiça e mérito" em uma partida no qual seus jogadores deram o máximo.

LEIA MAIS: Confira notícias e resultados da Copa América

O técnico argentino disse que a Colômbia foi superior no primeiro tempo e que o jogo ficou mais equilibrado no segundo, no qual sua equipe teve menos posse de bola, mas apresentou bom rendimento. Pekerman também não concordou com seu colega adversário, o técnico Dunga, que opinou que o duelo tinha sido "uma guerra".

"Não vi confronto, nem guerra, mas um jogo no qual a Colômbia demonstrou superioridade, profundidade e equilíbrio", explicou.

VEJA MAIS: Confira a tabela e classificação da Copa América

O argentino destacou o trabalho "descomunal" de Teo Gutiérrez, que foi sua única mudança na escalação em relação à derrota para a Venezuela.

"No segundo tempo, nós não recuamos. O que aconteceu é que o Brasil veio pra cima, mas tivemos atitude e criamos algumas chances de gol", opinou o treinador argentino da Colômbia.

Para Pekerman, é bom comemorar um triunfo sobre o Brasil em um jogo complicado, pois a Colômbia estava em uma situação delicada e precisava da vitória. "Demonstramos que crescemos", disse o treinador.

Em relação à arbitragem, Pekerman não quis comentar a atuação do chileno Enrique Osses e lembrou que também não o fez durante a última Copa do Mundo, quando sua equipe teve um gol anulado de forma polêmica pelo espanhol Carlos Velasco Carballo na derrota para o Brasil nas quartas de final.

Últimas de _legado_Copa América