Muricy admite escassez na zaga do Flamengo: 'É um setor que preocupa'

Técnico revelou estar à procura de novos jogadores para compor o elenco rubro-negro, e saiu em defesa de Wallace

Por O Dia

Rio - O grande assunto no Flamengo, ultimamente, tem sido a defesa da equipe. As constantes falhas viraram alvo de críticas. Agora, Muricy Ramalho terá de quebrar a cabeça ainda mais - com César Martins de saída do clube, o técnico fica apenas com três opções para a zaga rubro-negra: Wallace, Juan e Léo Duarte. Com as poucas possibilidades para o setor, o comandante afirmou já estar à procura de novos nomes para compor o elenco no restante da temporada.

"Com esse problema do César, acho que vai ficar muito pouca gente. Ficam Léo, Juan e Wallace. É um setor que estamos atrás, mas está difícil. Queremos trazer jogador de qualidade. Nosso pessoal que analisa e tem banco de dados impressionante em cima de zagueiros, mas muitos não agradaram. É um setor que preocupa. Se machuca um desses três, nem reservas temos", disse Muricy, que aproveitou para sair em defesa do capitão Wallace.

"Aqui é por mérito. Se o técnico acha que está jogando bem, ele continua. Parece que as pessoas não têm muita simpatia por ele. Mas ele vem jogando bem, às vezes as pessoas têm medo de elogiar porque criticaram ele em outro momento."

Amargando duas eliminações em semifinais neste ano - uma para o Atlético-PR, na Primeira Liga, e a outra para o Vasco, no Campeonato Carioca -, o Flamengo segue trabalhando para alcançar resultados positivos. Muricy analisou o trabalho positivamente e garantiu manter a confiança no grupo.

"Acho que todos estamos conscientes de que temos que ir mais atrás do resultado. É um grupo que quem tá no dia a dia vê que eles trabalham muito. Nessa semana, trabalharam demais. Estão aborrecidos, sim. Já trabalhei com muitos grupos que não estão incomodados com nada. Esse grupo tem disciplina incrível, mas é resultado. Às vezes você não tem um grupo como a gente tem, e o resultado esconde. É um grupo que está querendo, trabalhando duro, por isso temos confiança de ter o resultado. Esse time é muito preocupado em relação ao que está acontecendo", analisou o técnico.

O Flamengo encara o Fortaleza na segunda fase da Copa do Brasil. O primeiro jogo está marcado para a próxima quarta-feira, às 21h45, no Castelão.

"Estamos analisando o Fortaleza. Já vimos o primeiro jogo, o Jayme foi ver o segundo. É o primeiro treinamento, mas com certeza já é um time que pode jogar na quarta-feira", concluiu Muricy.