STF arquiva denúncia contra deputado federal Zeca Dirceu

Deputado foi acusado de fazer boca de urna nas eleições de 2010

Por O Dia

Brasília - O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira, por unanimidade, arquivar um pedido de investigação contra o deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR) por boca de urna nas eleições de 2010. O parlamentar é filho do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu.

Segundo o Ministério Público (MP) do Paraná, Zeca Dirceu fez propaganda eleitoral no dia 3 de outubro de 2010, dia da eleição, nas proximidades e dentro do Colégio Estadual de Campo Mourão (PR), cumprimentando eleitores, mesários de “forma não silenciosa” durante o período da votação.

Mesmo com as supostas irregularidades apontadas, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu o arquivamento do processo, por entender que o MP não conseguiu comprovar a denúncia.

Últimas de _legado_Brasil