Corpo a corpo: Fim da novela!

No fim da semana, o senador Aécio Neves e o vereador Cesar Maia vão se encontrar e, se decidirem somar forças, a expectativa é que definam o candidato a governador

Por O Dia

Rio - Não passa de domingo o fim da novela que vai unir ou colocar em campos opostos o PSDB e o DEM no Rio. No fim da semana, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o vereador Cesar Maia (DEM) vão se encontrar e, se decidirem somar forças, a expectativa é que definam já quem será o candidato a governador. A pré-candidatura de Cesar está posta, mas há a possibilidade de ele topar concorrer ao Senado, apoiando Aécio em chapa liderada por um tucano do Rio.

Prefeitos vão orientar aliados a não atrapalhar o PMDB de PezãoNei Lima / Agência O Dia

Só que, depois de Bernardinho preferir a sanidade a disputar o governo pelo PSDB, os tucanos ficaram sem plano B para o desejo de lançar alguém que não seja ‘político profissional’. E os profissionais de sempre — Otavio Leite e Luiz Paulo — deverão preferir tentar se reeleger deputado federal e estadual, respectivamente. Ah, sim, Rodrigo Maia não vai mexer em time que está ganhando e também vai tentar se reeleger deputado federal. Quanto a Aécio e Cesar, um apelo: se demorarem muito a decidir, vocês vão acabar batendo o recorde do PT, que é, como sabemos, praticamente hors concours no quesito ‘vamos estar decidindo’.

Se eu fosse X-9, avisava ao PT

Estava eu em Piraí no sábado, comecei a tricotar com políticos na terra de Pezão. E eles foram me contando a estratégia do PMDB com prefeitos petistas. Simples: como esses prefeitos não podem declarar voto em Pezão, combinam que vão orientar aliados a “não atrapalhar” o PMDB. Aliás, teve um que, na quarta, falou em Piraí que está fazendo sua parte, “trazendo gente do PT” para ajudar Pezão. Agora, alguém, por gentileza, fala para o Lindbergh que os inimigos dele estão em casa.

'Meu ódio será sua herança'

Sérgio Cabral vai fazer de tudo para eleger o filho Marco Antônio, 22, deputado federal. Mas uma turma que não tem coração espalha que Cabral quer se empenhar também em infernizar a vida de Clarissa Garotinho, 31, candidata a deputada federal. Sem poder competir diretamente com o pai da bela, Cabral vai fazer o que puder para atrapalhar a campanha da moça.

Últimas de _legado_Brasil