Polícia investiga morte de adolescente em Nova Iguaçu

Jovem foi executada com tiro na cabeça

Por O Dia

Rio - Agentes da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investigam a morte de uma adolescente, no bairro de Austin, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Katlyn Gabrielly Bispo Bezerra da Silva, de 14 anos, foi executada nesta segunda-feira com um tiro na cabeça na Estrada do Riachão, próximo do ArtSul Futebol Clube.

Segundo informações de parentes, a jovem e uma amiga foram vistas pela ultima vez saindo em um carro vermelho com som alto por volta das 4h30 de um bar, também em Austin. A amiga da vítima, Kate Helen Alves Magalhães, de 15, foi baleada na perna, e também atingida por um tiro de raspão na cabeça. Ela foi encaminhada para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (Posse).

Katlyn foi executada com tiro na cabeçaIvan Teixeira / Hora H

Para a mãe de Katlyn, Lucilene Bispo, o que aconteceu com a filha foi uma crueldade já que as meninas foram atingidas pelas costas. “Estão comentando que no bar teve uma briga, mas não sabem dizer com quem foi a briga ou se elas se envolveram nessa suposta briga. Depois teriam saído num carro. Sei que minha filha não fez nada para merecer isso e foi surpreendida com um tiro pelas costas. É uma covardia! Disseram que colocaram as meninas de joelho antes de atirarem”, disse a mãe da vítima.

Até o fechamento desta edição, Kate Helen estava no centro cirúrgico em um quadro estável. O caso segue na DHBF e os suspeitos do crime ainda não foram identificados.

Últimas de Rio De Janeiro