Crianças se divertem em festa de fim de ano do Instituto Ary Carvalho

Personagens foram encenados por jovens atendidos pelo projeto que é mantido pelo grupo Ejesa, que publica O DIA

Por O Dia

Rio - Tigres, leões, palhaços e mágicos foram algumas das atrações presentes na festa de fim de ano do Instituto Ary Carvalho, IAC, no Teatro Mário Lago, em São Cristóvão, nesta sexta-feira. Os personagens foram interpretados pelas 300 crianças e adolescentes moradoras das favelas Arará e Mandela, atendidas pelo projeto que é mantido pelo grupo Ejesa, que publica O DIA e ‘Meia Hora’.

A emoção rolou solta a cada apresentação. Dos pequenos aos mais velhos era impossível conter a empolgação. O evento começou com o palhaço Casquinha animando a plateia, seguida das bailarinas com até seis anos que arrancaram suspiros da plateia, lotada de pais orgulhosos. “Estou ansiosa para ver a apresentação da minha menina”, contou Leidiane Oliveira de Lima, 34, que foi às lágrimas quando viu a filha Letícia, de 9 anos, vestida de mágica. “Foi show de bola, ela estava linda”, completou após a apresentação.

O espetáculo natalino teve apresentações de balé e de lutasAndré Mourão / Agência O Dia

A tarde ainda contou com apresentações de capoeira, judô e jiu-jitsu. “Cada modalidade apresentou o seu melhor”, afirmou o coordenador do IAC, Rodrigo Freitas. Apesar de terem tido apenas três meses para organizar as apresentações, os alunos não deixaram a desejar. “Nos empenhamos muito”, afirma.

Para o espetáculo ser feito, um grupo de 35 mães voluntárias ajudaram nas ações, enquanto um segundo grupo que começou a fazer aulas de corte e costura no IAC em outubro se responsabilizou por toda a cenografia do espetáculo. “Contamos muito com os pais, e ficou maravilhoso”, complementa.

Últimas de Rio De Janeiro