IPVA vai ficar mais caro no ano que vem para elevar arrecadação do governo

O percentual para carros flex, que era de 3%, subirá para 4%. O de veículos movidos a GNV passará de 1% para 1,5%

Por O Dia

Rio - Secretaria Estadual de Fazenda liberou esta semana a lista com os valores de avaliação (venais) dos veículos registrados no Estado do Rio de Janeiro. Em 2016, as alíquotas do imposto serão um pouco mais altas do que em 2015. O percentual para carros flex, que era de 3%, subirá para 4%. O de veículos movidos a GNV passará de 1% para 1,5%. O das motos foi mantido em 2%. O aumento foi proposto pela Secretaria Esstadual de Fazenda e aprovado pela Alerj, para elevar a arrecadação estadual em R$ 550 milhões.

Os valores se referem apenas ao IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores). A taxa de licenciamento anual do Detran-RJ e o valor do DPVAT não estão incluídos. Os carros com mais de 15 anos de fabricação são isentos do IPVA. “A conta da crise vai ser paga pelo consumidor”, reclamou o motorista 

Últimas de Rio De Janeiro